Porto Velho (RO) sábado, 25 de maio de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Empresas devem R$ 880 bilhões ao governo


Edla Lula 
Agência Brasil

Brasília - As dívidas de empresas com a Receita Federal, Previdência Social e Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) somam R$ 880 bilhões, quase a totalidade da dívida pública interna, que está em R$ 1,016 trilhão. Na tentativa de recuperar ao menos parte deste valor, o governo federal ofereceu mais uma oportunidade de parcelamento dos débitos.

“Esperamos que a totalidade desses devedores possa aderir ao parcelamento”, disse o secretário-adjunto da Receita Federal, Paulo Renato de Sousa Cardoso. Ele lembrou que das 129 mil empresas que aderiram ao Refis em 2000, apenas 24 mil permaneceram no programa, enquanto o restante foi excluído por deixar de cumprir as regras.

Segundo o secretário, as regras do novo programa de parcelamento, divulgadas hoje (25) no Diário Oficial da União, são mais duras que as do Refis criado em 2000 e do Paes (Parcelamento Especial), lançado em 2003. Dessa forma, segundo disse, a Receita impede a difusão de uma “cultura da sonegação”.

“Sempre defendemos a tese de que cada parcelamento que venha a ocorrer seja menos benéfico que o anterior para evitar essa cultura de que lá na frente eu terei um benefício ainda maior”, disse.

Mais Sobre Política - Nacional

Audiência Pública no Senado Federal debate violência nas escolas e as suas consequências

Audiência Pública no Senado Federal debate violência nas escolas e as suas consequências

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) do Senado Federal promove nesta terça-feira (14), às 9h, audiência pública para debater com especialist

Presidente Bolsonaro assina novas regras para atiradores e caçadores

Presidente Bolsonaro assina novas regras para atiradores e caçadores

O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje (7), em cerimônia no Palácio do Planalto, o decreto que regulamenta a posse, o porte e a comercialização de a

Villas Bôas diz que se Jair Bolsonaro fracassar, as forças armadas vão pagar a conta

Villas Bôas diz que se Jair Bolsonaro fracassar, as forças armadas vão pagar a conta

O ex-comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, que reagiu aos ataques aos militares, de Olavo de Carvalho, guru do presidente da República

Mariana reforça luta a favor de pacientes com doenças raras

Mariana reforça luta a favor de pacientes com doenças raras

A deputada Mariana Carvalho (RO) participou na quarta-feira (24) de debate promovido pela Comissão de Defesa da Pessoa com Deficiência sobre as dif