Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Empresa de factoring pode ter negociado com os Vedoin


Agência O GloboBRASÍLIA - Em depoimento ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, Valdir Piran negou, nesta quarta-feira, ter negociado o automóvel Fiat Ducato que foi utilizado pelo senador Magno Malta (PL-ES). Reafirmou que seu irmão Valcir realizou essa negociação e que ele mesmo não fez nenhum acerto relacionado ao automóvel. Valdir alegou conhecer os Vedoin e admitiu que sua empresa de factoring pode ter negociado com os acusados.O senador Demóstenes Torres (PFL-GO), relator do processo, pediu o endereço do irmão do depoente, Valcir Pires, para que seja convocado para prestar depoimento. Informou ainda que Valcir deverá prestar depoimento à Polícia Federal no próximo dia 4, em Cuiabá, e, no dia seguinte, ao Conselho de Ética, a partir das 10h. O depoente acaba de ser liberado pelos membros da comissão.O presidente do conselho, senador João Alberto Souza (PMDB-MA), determinou que a reunião, até então aberta, passasse a ser secreta para ouvir o o deputado Lino Rossi (PP-MT). Rossi, apesar de não ter sido convocado vai acompanhar o depoimento de sua mulher, Querli Batistello, a respeito do Fiat Ducato usado pelo senador Magno Malta (PL-ES).

Mais Sobre Política - Nacional

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

O registro de plantas e flores ornamentais será debatido no Senado

Pelo projeto, o produtor que desenvolver uma nova cor de orquídea pode ser liberado da inscrever o produto no RNCA Comissão de Agricultura e Reforma A

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p