Porto Velho (RO) quinta-feira, 29 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Eleição atrasa início do horário de verão


Mônica Tavares - Agência O Globo BRASÍLIA - O horário de verão deste ano deve começar em novembro por causa das eleições. Normalmente, o início do horário especial é na segunda quinzena de outubro. O ministro de Minas e Energia, Silas Rondeau, disse nesta segunda-feira que o governo prefere adiar o começo do horário porque a implantação entre o primeiro e o segundo turnos traria problemas de reprogramação dos softwares das urnas eletrônicas. - A tendência é que o horário comece no primeiro domingo depois do segundo turno - disse Rondeau. No último pleito, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) solicitou ao governo a mudança para que não houvesse uma coincidência entre a votação e o início do horário especial, o que poderia trazer transtornos à população. Este ano, o governo se antecipou ao TSE e finaliza os estudos para decidir quando começa o horário. A última versão do horário de verão começou no dia 16 de outubro de 2005 e terminou no dia 18 de fevereiro deste ano. Ele abrangeu as regiões Sul, Sudeste e Centro Oeste - estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo, São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. O objetivo da implantação do horário de verão é reduzir o consumo, principalmente no horário de pico, entre 18h e 21h. A redução de demanda permite a diminuição de investimentos em geração e transmissão para o atendimento na carga sazonal. Outra vantagem na redução da demanda é o aumento da qualidade de fornecimento de energia ao consumidor final, já que possíveis problemas de sobrecarga nos equipamentos do sistema de transmissão deixam de ocorrer.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu