Porto Velho (RO) quarta-feira, 18 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Educadora defende que Dilma combata o analfabetismo e universalize a educação


 
Vitor Abdala
 Agência Brasil

Rio de Janeiro - A especialista em educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) Mirian Paura vê com grande expectativa a eleição de Dilma Rousseff para a Presidência da República. A pesquisadora acredita que o novo governo trará mudanças positivas para a educação brasileira.

Para garantir transformações efetivas no cenário educacional brasileiro, Mirian Paura defende que Dilma invista em questões como o combate ao analfabetismo e a universalização da educação básica, principalmente com o aumento de matrículas nos ensino médio.

“É preciso que haja alfabetização para todos e que o país tenha a oportunidade de ter todos os alunos nas escolas. Isso vai requerer um número maior de escolas e que essas escolas sejam um espaço que leve os alunos a uma formação devida”, disse.

A educadora também defende que se invista numa formação dos alunos voltada para a cidadania e a construção do sujeito. Outra necessidade do Brasil, segundo a especialista, é que haja um programa de formação continuada para os professores e que esses profissionais recebam salários dignos.

“Que eles tenham salários que representem e dignifiquem o seu trabalho. E também defendo um levantamento sobre a falta de professores, que está muito grande no Brasil.”

Segundo a especialista, Dilma também deveria fazer um levantamento em todas as unidades da Federação, para conhecer as principais demandas e necessidades de cada local. “Eu faria um levantamento para que tenhamos um diagnóstico, ou seja, se precisa fazer creche, se precisa de cotas etc., são muitos os problemas. Se ela não tiver uma organização das prioridades, não vai conseguir uma melhoria na educação do nosso país”, disse.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç