Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

É preciso despertar nas crianças e jovens o espírito empreendedor”


Em artigo para o Jornal de Brasília, o senador e presidente do Conselho Consultivo da Junior Achievement do Distrito Federal, Adelmir Santana, diz que “nada mais certo que despertar já nas crianças e ainda mais nos jovens o espírito empreendedor”. Santana explica que esta filosofia inspirou, em 1919, nos Estados Unidos, a fundação de uma instituição não governamental e sem fins lucrativos mantida por empresários, a Junior Achievement, ou Junior Empreendedorismo. Presente em 115 países, a instituição está no Brasil desde 1994 e já treinou mais de um milhão de jovens em todos os estados do País. Segundo Ademir Santana, funcionários das empresas atuam como voluntários, levando experiências de empreendedorismo a crianças e jovens de escolas públicas e privadas. “ Mais empresas devem participar dessa vivência de despertar o espírito empreendedor nas crianças e jovens, proporcionando uma visão clara do mundo dos negócios”, destaca.

Fonte: ANDI - (Jornal de Brasília)

 

Mais Sobre Política - Nacional

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu

Jair Bolsonaro envia projeto que regulamenta exploração de terras indígenas

Jair Bolsonaro envia projeto que regulamenta exploração de terras indígenas

O presidente Jair Bolsonaro apresentou nesta quarta-feira (5) um projeto de lei (PL) para regulamentar a exploração de atividades econômicas em terras

Carta aberta ao Congresso Nacional pelas aprovações da PEC nº 108 de 2019ª

Carta aberta ao Congresso Nacional pelas aprovações da PEC nº 108 de 2019ª

Nos últimos anos voltou à tona a discussão sobre o excesso de regulamentação profissional no Brasil, numa   verdadeira afronta ao disposto no art. 5º,