Porto Velho (RO) quarta-feira, 15 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Disputa na Câmara eleva preço do apoio


Agência O Globo

PORTO ALEGRE, RIO e BRASÍLIA - O acirramento da disputa pela presidência da Câmara pôs os cargos do governo federal na mesa de negociação. Para receber a adesão de PTB, PP e PR, protagonistas do escândalo do mensalão, o candidato do PT, Arlindo Chinaglia, ouviu diversos pedidos de indicações.

Em jogo, na montagem do novo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, estão cinco mil vagas preenchidas por indicação. O preço do apoio ao petista subiu na última terça-feira, quando o tucano Gustavo Fruet (PR) foi lançado como candidato da terceira via e aumentaram as chances de segundo turno.Com dois concorrentes governistas, Chinaglia e o presidente da Câmara, Aldo Rebelo (PCdoB-SP), que disputa a reeleição, o fantasma de Severino Cavalcanti, que, em 2005, se elegeu presidente da Casa aproveitando-se da divisão da base, fez o Planalto jogar alto.

Fontes do governo contaram que Chinaglia, preocupado com o segundo turno, aumentou promessas aos aliados, mesmo sem respaldo de Lula, que desautorizou as negociações. Acomodar todo mundo não será fácil. A maior pressão partirá do PMDB, o maior partido aliado. Nos primeiros quatro anos de Lula, o partido teve cerca de 20% dos cargos federais e agora que é aliado formal quer mais. O PT ocupou 65% dos postos. Por isso, a palavra de ordem dos aliados nos últimos meses será "despetização".

Neste domingo, o candidato da terceira via se runiu com políticos na Paraíba e em Pernambuco. No sábado, Fruet viajou ao Rio Grande do Sul para pedir apoio a governadora tucana Yeda Crusius e acusou o governo de usar a liberação de emendas parlamentares como moeda política. Segundo ele, o assessor Marcos Lima, do ministro Tarso Genro, das Relações Institucionais, será convocado, para explicar denúncias de liberação de emendas parlamentares.- Para que não seja uma mera coincidência o fato do governo estar esperando a eleição da Mesa para indicar os novos ministros e para que não se repita o surgimento de um novo Valdomiro Diniz, nós vamos convocar o assessor Marcos Lima para que explique qual é o trabalho institucional que hoje o governo faz através do ministro Tarso Genro e da sua estrutura com a Câmara dos Deputados. E peço para que o Brasil fique atento para quem, depois das eleições será nomeado para o Ministério dos Transportes e para os órgãos do Dnit nos 27 estados do país - disse Fruet, que visitará outros estados em busca de apoios.

Tarso já havia rebatido as acusações de que o governo estaria negociando com parlamentares em torno da eleição da Câmara. O ministro declarou também que a base aliada estará junta caso haja segundo turno, ambora PT e PCdoB tenham lançado dois candiatos.Durante a semana, articuladores de Aldo e Fruet começaram costurar uma aliança para um possível segundo turno contra Chinaglia. Preocupado com a possibilidade de que os adversários se unissem contra ele durante o debate que deve acontecer na próxima semana, o petista propôs encontros separados com os dois.

O tucano afirmou que vai impor restrições ao debate para tentar inviabilizar o confronto.Na próxima sexta-feira, os três candidatos participarão de debate às 10 horas, em São Paulo. Outro debate previsto para a semana ainda está em discussão. As assessorias dos candidatos se reúnem na segunda-feira para definir o formato do debate na Câmara dos Deputados, na quarta ou na quinta-feira, com transmissão da Rádio e da TV Câmara.

Mais Sobre Política - Nacional

Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep

Trabalhadores de todas as idades já podem sacar cotas do Pis/Pasep

Trabalhadores de todas as idades que tiverem direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servid

Herança de Temer continua em 'construção': 79,5 mil moradias populares são canceladas

Herança de Temer continua em 'construção': 79,5 mil moradias populares são canceladas

Em reunião ocorrida no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), em Brasília (DF), lideranças dos movimentos populares foram informadas q

Concurso para PM no Paraná cobra nível de masculinidade

Concurso para PM no Paraná cobra nível de masculinidade

A Polícia Militar do Paraná abriu edital nesta segunda-feira (13) para a contratação de 16 cadetes; entre os 72 critérios psicológicos que serão avali

TCE-RO estimula participação do cidadão por meio de sugestões ao Plano de Combate à Corrupção

TCE-RO estimula participação do cidadão por meio de sugestões ao Plano de Combate à Corrupção

 A sociedade poderá contribuir com sugestões para a elaboração do Plano Nacional de Combate à Corrupção que será lançado em breve pela Estratégia Naci