Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Dinheiro bloqueado da Satiagraha equivale a gasto federal com segurança pública



Gilberto Costa
Agência Brasil

Brasília - O dinheiro bloqueado pelo Ministério da Justiça no exterior em contas bancárias relacionadas aos investigados na Operação Satiagraha da Polícia Federal, mais de US$ 2 bilhões (R$ 4,5 bilhões, aproximadamente), equivalem ao orçamento do Pronasci (Programa Nacional de Segurança Pública co Cidadania), carro-chefe dos investimentos que o governo federal pretende fazer nos estados.

A comparação é do secretário Nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior, que espera que o dinheiro volte para o Brasil e possa ser aplicado pelo Ministério da Justiça. Segundo o secretário, "o costumeiro, quando o dinheiro tem origem na corrupção, é o país [onde os valores estão depositados] repatrie 100%", assegurou. Não há prazo para a repatriação dos recursos, pois depende de processo judicial.

Tuma Júnior assinalou que o bloqueio é importante para minar o esquema de corrupção. "Não adianta prender e processar as pessoas, tem que cortar o fluxo financeiro delas e de suas organizações". De acordo com o secretário, "se não cortar o fluxo financeiro [a autoridade repressora] não impede a organização de se financiar, e mesmo financiar o agente público por meio da corrupção", disse o secretário.

Romeu Tuma Júnior se negou a indicar os nomes dos correntistas ou os países onde estão os recursos, mas informou que não há bens bloqueados apenas dinheiro. O Ministério da Justiça informou mais cedo, em nota, que o bloqueio de um quarto do dinheiro (US$ 500 milhões) "resulta de cooperação com o governo americano".

A Operação Satiagraha prendeu 17 suspeitos de corrupção e lavagem de dinheiro, em julho de 2008. Entre as pessoas presas estavam Daniel Dantas, dono do banco Opportunity, o investidor Naji Nahas e o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta.

 


 

Mais Sobre Política - Nacional

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) cobrou do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) a votação, antes que encerre o prazo, da Medida Provisórias cri

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Neste ano e meio que ele está preso, não tive condições de viajar a Curitiba e fiquei esperando o amigo sair da prisão para poder falar com ele, certo

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p