Porto Velho (RO) sábado, 21 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Dilma diz que vai investir em aeronaves não tripuladas para vigiar fronteiras


 

Vladimir Platonow


Agência Brasil, Rio de Janeiro - A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, afirmou hoje (18) que, se eleita, investirá em veículos aéreos não tripulados, conhecidos como Vant, para ajudar no patrulhamento das fronteiras do Brasil e também em áreas conflagradas, como favelas dominadas por criminosos.

“Nós temos uma fronteira por onde entra droga e arma, uma das maiores do mundo em extensão. Necessariamente temos que usar tecnologia. Os veículos aéreos não tripulados permitem que você policie sem correr o risco de perdas humanas. Ele tem grande precisão, quando fotografa e filma o solo, e permite que se localize rota de tráfico, transporte de armas e que se faça monitoramento em áreas complexas, como a Amazônia.”

Dilma lembrou que o candidato a presidente pelo PSDB, José Serra, desqualificou o uso do Vant pela Polícia Federal (PF). “A Polícia Federal fez dois contratos. Um contrato de treinamento teórico a respeito do Vant e um contrato prático de treinamento. Esse veículo já tem 271 horas de voo no treinamento da plataforma terrestre, que controla e recebe os dados e aciona contingentes para agir. Por isso é importante que a gente não desqualifique o Vant.”

A candidata do PT afirmou que, se ganhar as eleições, serão mais 14 veículos aéreos não tripulados. “Você também pode utilizar o Vant para o controle do tráfico de drogas dentro de zonas metropolitanas. Vai permitir um maior monitoramento, porque ele voa em uma altura de difícil detecção e preserva vidas humanas.”

Dilma comentou ainda a apreensão de panfletos atacando a sua candidatura, em uma gráfica em São Paulo. “Eu acho que houve nesta campanha um processo que a gente deve repudiar, da publicação de materiais que não têm autor e com conteúdo que instaura o ódio e um clima que é contrário a nossa cultura e aos nossos usos e costumes. Nós somos um país da tolerância, do respeito e da boa convivência. Aqui sentam na mesma mesa árabes e israelenses. Estudam na mesma escola evangélicos, pessoas de origem islâmica, católicos e espíritas. Nós temos o hábito da paz, então eu lamento profundamente o uso desses métodos.”

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç