Porto Velho (RO) domingo, 24 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Dilma: 'As pessoas confundem PPPs e privatização'


Agência O GloboRIO - A ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, negou nesta sexta-feira, em entrevista à rádio CBN, que a política de privatização esteja no programa de um possível segundo mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Reportagem publicada pelo jornal "O Globo" mostra que o plano de transportes do PT prevê parcerias com a iniciativa privada nas estradas do país. Dilma explicou que muitas pessoas confundem privatização com Parceira Público Privadas (PPPs) e concessões.- Privatização é venda de patrimônio já constituído. Agora, pegar um projeto e colocar para licitação, isso o governo do presidente Lula é a favor e praticou. Não pegamos patrimônios constituídos ao longo de anos e anos e vendemos - esclareceu.Dilma afirmou que o processo de privatização é inerente ao "choque de gestão" que o candidato Geraldo Alckmin (PSDB) promete promover no governo federal, se for eleito.- Em vários momentos, Alckmin dizia que a gente estava mentindo que ele não iria privatizar. A dedução de que eles iriam privatizar é de que está intrínseco à concepção de choque de gestão praticada pelo PSDB ao longo dos anos a questão da privatização. Como se faz o choque de gestão? Privatiza e com o dinheiro da privatização paga a dívida - afirmou.A ministra disse ainda que ficou surpresa com o segundo turno nas eleições presidenciais. Na sua opinião, a possível vitória de Lula no primeiro turno foi inviabilizada pelo escândalo do dossiê e pelo tratamento dado ao caso pela mídia.- Acredito que a situação não é confortável porque ainda não houve eleição. A gente só pode contar com o resultado da eleição na hora que o último voto for colocado na urna e os votos forem contados - avaliou.Durante a entrevista, Dilma fez ainda uma avaliação "positiva" da campanha no segundo turno.- Teve um grande mérito de deixar mais claro para a população quais são os projetos. A participação nos debates e a discussão mais concentrada nos dois projetos esclareceu pontos fortes, como a proposta de Lula, comprometida com o crescimento econômico e a distribuição de renda - concluiu.

Mais Sobre Política - Nacional

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO