Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Dificuldade de crédito e tributação provocam morte de empresas


Cássia Almeida - Agência O GloboRIO - A mortalidade de empresas, que atingiu 73% das empresas criadas em 2004, de acordo com o Cadastro Central das Empresas divulgado pelo IBGE, está associada à dificuldade de acesso ao crédito e à carga tributária das pequenas empresas que responderam por 96,6% das 529.587 empresas que fecharam em 2004.- Falta de crédito e muitos impostos, são os principais motivos para o fechamento dessas microempresas, que puxam o dado do Brasil. A participação das grandes empresas (com 100 empregados ou mais) limitou-se a 0,04%. Mas a nossa taxa de mortalidade é semelhante à de países latinos, inclusive nas características - disse Kátia Cilena Carvalho, técnica da Gerência do Cadastro.Segundo a diretora de pesquisas do IBGE, Wasmália Bivar, a falta de informação, com pesquisa de mercado e planejamento, também explica essa mortalidade concentrada nas microempresas.- O microempresário acaba entrando no mercado sem muita formação - assinalou.

Mais Sobre Política - Nacional

 Mariana Carvalho comemora lei que permite inclusão dos servidores de ex – territórios nos quadros da União

Mariana Carvalho comemora lei que permite inclusão dos servidores de ex – territórios nos quadros da União

Cerca de 3 mil aposentados e pensionistas, além de 800 servidores que passaram em concurso antes da mudança de território em Rondônia serão inclusos n

PML: crianças brasileiras são enjauladas nos EUA e Temer se cala

PML: crianças brasileiras são enjauladas nos EUA e Temer se cala

 TV 247- O programa Boa Noite 247 desta quarta-feira (20) destacou a absolvição da presidenta do PT, a senadora Gleisi Hoffmann, e a política de imigr

Tarifa de ônibus sobe para R$ 3,95 na cidade do Rio

A tarifa de ônibus urbano da cidade do Rio de Janeiro subiu hoje (21) de R$ 3,60 para R$ 3,95. O aumento foi autorizado na terça-feira (19) pela dese

Temer vai tirar R$1 bilhão do Fies, da Cruz Vermelha, das Apaes e das Santas Casas

Temer vai tirar R$1 bilhão do Fies, da Cruz Vermelha, das Apaes e das Santas Casas

Medida provisória prevê retirar recursos das loterias federais para o FNSP (Fundo Nacional da Segurança Pública); quem amargará o prejuízo será o Fies