Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Destino do juiz Lalau será decidido na segunda-feira


Agência O GloboSÃO PAULO - Preso na carceragem da Polícia Federal desde quarta-feira, o juiz Nicolau dos Santos Neto, o Lalau, deve ser transferido nesta segunda-feira para um presídio comum.Lalau foi condenado a 26 anos de prisão, em 2003, pelo desvio de R$ 170 milhões de verbas públicas da construção do Fórum Trabalhista do Estado. Mas o juiz ainda pode voltar para casa na própria segunda-feira, quando será julgado seu pedido de habeas-corpus pelo TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região).O advogado de Lalau, Ricardo Sayeg, alega no pedido de habeas-corpus que o juiz, que tem 78 anos, sofre de problemas de "depressão, alimentação e locomoção" e, em razão disso, pede que ele retorne ao regime de prisão domicilar, no qual cumpre pena desde 2003. A decisão sobre o futuro do juiz está nas mãos da desembargadora Suzana Camargo, do TRF-3, que deve pronunciar-se até o final da tarde de segunda. Já a SAP (Secretaria de Administração Penitenciária) só decidirá na segunda-feira para qual presídio do Estado o juiz será transferido.

Mais Sobre Política - Nacional

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul