Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Deputado no MS recebe R$ 18 mil


Paulo Yafusso - Agência O GloboCAMPO GRANDE - Os deputados estaduais de Mato Grosso do Sul aguardam a definição do reajuste salarial dos deputados federais para aplicar o aumento dos vencimentos a partir de fevereiro de 2007. O assunto deve ser discutido nesta semana, quando os 24 parlamentares encerram a legislatura e entram em recesso. Embora a Constituição Federal assegure os deputados estaduais remuneração correspondente a 75% do que ganha os integrantes da Câmara Federal, no estado há uma proposta de que esse percentual seja de 70%.O salário atual de um deputado em Mato Grosso do Sul é de R$ 12 mil e caso se confirme os 91% aplicados pela Câmara Federal, com os 75% subiria para pouco mais de R$ 18 mil. Ontem o governador José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, defendeu o aumento alegando que os parlamentares merecem ganhar esse valor.E ao participar da solenidade de diplomação ontem a tarde no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, em Campo Grande, o governador eleito, André Puccinelli (PMDB), voltou a defender a aposentadoria vitalícia para os ex-governadores. O benefício vinha sendo concedido e foi suspenso na administração de Zeca do PT. O projeto retornou ao Legislativo Estadual, que deve votá-lo ainda nesta semana, mesmo com a manifestação contrária de várias entidades. Puccinelli disse ontem que se fosse deputado votaria a favor do projeto que volta a pagar aposentadoria para ex-governadores, mas com algumas mudanças na proposta original. Para o governador eleito, a aposentadoria seria suspensa no período em que eventualmente o ex-governador ocupar cargo público, o que não está previsto no projeto em tramitação.

Mais Sobre Política - Nacional

GENTE QUE MUITO PULA

GENTE QUE MUITO PULA

É melhor ficar quieto e deixar que pensem que você talvez tenha errado do que mexer-se e tirar a dúvida

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos