Porto Velho (RO) sábado, 14 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Deputado contesta reportagem sobre 'turbinagem' de verba indenizatória em campanha



O deputado federal Carlos Souza (PP/AM) contestou, hoje (8), matéria divulgada pela imprensa de que deputados, candidatos nas Eleições 2008, aumentaram o uso da verba indenizatória, no primeiro semestre, para 'turbinar' financeiramente sua campanha eleitoral. A reportagem é baseada no levantamento, realizado pelo site Congresso em foco, com base nos dados publicados na página eletrônica da Câmara dos Deputados (www.camara.gov.br).

De acordo com informações do estudo, 89 deputados federais são candidatos nas eleições municipais deste ano. Destes, somente dois não utilizaram a verba indenizatória em 2008. O restante usou, de janeiro a junho, mais de R$ 6,4 milhões com a verba, que é um recurso que os parlamentares têm a sua disposição para gastos em seus Estados de origem. O deputado Carlos Souza é apontado na reportagem por utilizar R$ 42.310,43 da verba no primeiro semestre de 2008.

Carlos Souza afirmou que não utilizou "nem um real da verba indenizatória" em prol de sua candidatura a vice-prefeito na chapa que tem o ex-governador, Amazonino Mendes (PTB), como candidato a prefeito de Manaus. O deputado disse que esse recurso é utilizado somente para despesas relacionadas às suas atividades parlamentares no Amazonas. De acordo com ele, são pagamentos com o aluguel do imóvel onde está localizado a sua representação na capital; serviços postais; assinaturas de publicações (de todos os jornais do Amazonas); acesso à Internet; locação de móveis e equipamentos; pagamento de combustíveis e lubrificantes; consultorias, assessorias, pesquisas e trabalhos técnicos; e para locomoção, hospedagem e alimentação.

Ainda segundo Carlos Souza, o dinheiro da verba indenizatória utilizado no primeiro semestre deste ano é inferior ao mesmo período de 2007. No ano passado, o parlamentar usou R$ 55.651,01. Todos esses dados podem ser conferidos no link 'Transparência', localizado no lado esquerdo do site da Câmara dos Deputados. 

"Não vou admitir que a imprensa plante informações errôneas. Em seis anos de mandato de deputado federal, eu nunca fiz má utilização da verba indenizatória. E tudo isso pode ser conferido no site da Câmara (dos Deputados). Lá, estão todas as minhas informações sobre o uso desse recurso financeiro deste o meu primeiro ano de mandato. Sei que essas matérias já são resultados do pleito deste ano. Mas, acho que os meios de comunicação deveriam ter mais cuidados com o que anda divulgando. Porque, isso pode causar danos irreparáveis", disse o parlamentar.

Fonte: Emanuelle Araújo

Mais Sobre Política - Nacional

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) cobrou do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) a votação, antes que encerre o prazo, da Medida Provisórias cri

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Neste ano e meio que ele está preso, não tive condições de viajar a Curitiba e fiquei esperando o amigo sair da prisão para poder falar com ele, certo

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p