Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Depoimentos mostram contradições no acidente aéreo


Agência O GloboAs informações foram reveladas pela reportagem do "Fatástico" da Rede Globo, que teve acesso às transctrições dos depoimentos prestados à Polícia Civil de Mato Grosso.O delegado de Mato Grosso Luciano Silva, que investiga o caso, também contesta a versão da tripulação. Em entrevista à TV Record, ele afirmou que a aeronave obteve autorização para voar a 37 mil pés somente entre São José dos Campos (SP) e Brasília, onde deveria descer para 36 mil pés.O co-piloto Jan Paul Paladino disse que possui uma cópia do plano, além do original que ele diz estar arquivado na Torre de Controle de São José dos Campos.Ao "Fantástico", o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Milton Zuanazzi, disse que é "praticamente impossível que o plano de vôo estivesse errado", mas afirmou que o dado precisa ser investigado.Lepore disse que o plano de vôo determinava a altitude de 37 mil pés em todo o trajeto, que teria sido liberado pela torre de controle, e que foi nessa altitude em que a aeronave se manteve nos 90 minutos que antecederam o acidente. Sete pessoas estavam à bordo do Legacy: o piloto, o co-piloto, dois executivos da empresa compradora do jato, dois representantes da Embraer e um jornalista do jornal "The New York Times".Os depoimentos do piloto e do co-piloto mostraram contradições em relação ao momento do choque e ao sistema anticolisão, embora tanto Joseph quanto Jan Paul tenham dito que não houve alerta do sistema.O co-piloto afirmou que durante o vôo o Transponder, equipamento que aciona o sistema, "parecia estar funcionando". Segundo ele, havia duas indicações de que o aparelho não tinha problemas: a luz que fica piscando no painel e o radar de solo respondia ao sistema.Já o piloto disse que o sistema anticolisão veio a não funcionar. Lepore disse acreditar que caso o aparelho estivesse funcionando talvez o acidente não tivesse ocorrido.Segundo Lepore, uma vez a 37 mil pés, foi acionado o piloto automático. O piloto foi ao banheiro e disse que ao voltar o co-piloto lhe informou não estar conseguindo se comunicar com a torre de controle.E nesse momento, aparecem mais contradições: o piloto disse que ouviu um barulho semelhante a uma batida de carro, mas que não sentiu impacto algum. Já o co-piloto disse no depoimento que uma onda de choque se espalhou pelo jatinho depois do acidente e achou que a porta tivesse saído.A Aeronáutica também informou que o transponder não estava funcionando e que tentou contato de rádio durante sete vezes, sem receber resposta.Especilistas consultados pelo Fantástico disseram que um acidente dificilmente acontece por causa de um único erro, e que deve ter havido uma sucessão de falhas. Eles disseram que é normal, embora não comum, haver falhas na comunicação ao entardecer - hora do acidente - por causa das ondas eletromagnéticas do sol.Neste domingo, mais 23 corpos foram identificados. Foi enterrado no Cemitério Campo da Esperança, em Brasília, o corpo do piloto Décio Chaves Júnior, de 44 anos.Na noite deste sábado, o desembargador João Mariosi, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, concedeu liminar que determina a retenção no Brasil do avião Legacy, envolvido no acidente com o Boeing da Gol, para usar o dinheiro na indenização de parentes das vítimas. O processo ainda seguirá na Justiça.O Exército atendeu os pedidos da Comissão de familiares das vítimas do acidente com o Boeing 737-800 da Gol e mandou um reforço de 100 soldados para ajudar no resgate dos corpos na Serra do Cachimbo, no Mato Grosso, elevando o total para 240 homens. O ministro da Defesa, Waldir Pires, disse que as buscas vão até o último corpo.Já o porta-voz do sindicato dos pilotos da American Airlines , que representa 13 mil pilotos dos EUA, recomendou aos pilotos americanos que evitem sobrevoar países em que possam ser presos ou acusados de provocar acidentes aéreos.O ministro da Defesa, Waldir Pires, voou neste sábado para a área da Serra do Cachimbo, no Mato Grosso, onde estão os destroços do Boeing 737-800.

Mais Sobre Política - Nacional

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

Aepet denuncia: Temer prepara maior crime da história durante a Copa

AEPET alerta: "as multinacionais pretendem que o governo Temer anule a decisão do Conselho Nacional de Política Energética pela contratação direta da

Ex-diretor do DER fecha delação

Ex-diretor do DER fecha delação

O ex-diretor geral do DER do Paraná Nelson Leal Júnior fechou acordo de delação premiada com a força-tarefa da Lava Jato onde se comprometeu a fornec

FHC, sobre sua atuação como tesoureiro informal: pedi mesmo

FHC, sobre sua atuação como tesoureiro informal: pedi mesmo

Enquanto Lula está preso sem jamais ter enviado emails a empreiteiros pedindo 'SOS', o ex-presidente FHC admite que atuou como tesoureiro informal do

CNJ proíbe juízes de manifestarem apoio ou críticas políticas na internet

CNJ proíbe juízes de manifestarem apoio ou críticas políticas na internet

O CNJ divulgou uma regulamentação para proibir o uso de redes sociais por parte de magistrados para dar apoio ou expressar críticas a políticos e part