Porto Velho (RO) sábado, 28 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Depoimentos mostram contradições no acidente aéreo


Agência O Globo As informações foram reveladas pela reportagem do "Fatástico" da Rede Globo, que teve acesso às transctrições dos depoimentos prestados à Polícia Civil de Mato Grosso. O delegado de Mato Grosso Luciano Silva, que investiga o caso, também contesta a versão da tripulação. Em entrevista à TV Record, ele afirmou que a aeronave obteve autorização para voar a 37 mil pés somente entre São José dos Campos (SP) e Brasília, onde deveria descer para 36 mil pés. O co-piloto Jan Paul Paladino disse que possui uma cópia do plano, além do original que ele diz estar arquivado na Torre de Controle de São José dos Campos. Ao "Fantástico", o diretor-presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Milton Zuanazzi, disse que é "praticamente impossível que o plano de vôo estivesse errado", mas afirmou que o dado precisa ser investigado. Lepore disse que o plano de vôo determinava a altitude de 37 mil pés em todo o trajeto, que teria sido liberado pela torre de controle, e que foi nessa altitude em que a aeronave se manteve nos 90 minutos que antecederam o acidente. Sete pessoas estavam à bordo do Legacy: o piloto, o co-piloto, dois executivos da empresa compradora do jato, dois representantes da Embraer e um jornalista do jornal "The New York Times". Os depoimentos do piloto e do co-piloto mostraram contradições em relação ao momento do choque e ao sistema anticolisão, embora tanto Joseph quanto Jan Paul tenham dito que não houve alerta do sistema. O co-piloto afirmou que durante o vôo o Transponder, equipamento que aciona o sistema, "parecia estar funcionando". Segundo ele, havia duas indicações de que o aparelho não tinha problemas: a luz que fica piscando no painel e o radar de solo respondia ao sistema. Já o piloto disse que o sistema anticolisão veio a não funcionar. Lepore disse acreditar que caso o aparelho estivesse funcionando talvez o acidente não tivesse ocorrido. Segundo Lepore, uma vez a 37 mil pés, foi acionado o piloto automático. O piloto foi ao banheiro e disse que ao voltar o co-piloto lhe informou não estar conseguindo se comunicar com a torre de controle. E nesse momento, aparecem mais contradições: o piloto disse que ouviu um barulho semelhante a uma batida de carro, mas que não sentiu impacto algum. Já o co-piloto disse no depoimento que uma onda de choque se espalhou pelo jatinho depois do acidente e achou que a porta tivesse saído. A Aeronáutica também informou que o transponder não estava funcionando e que tentou contato de rádio durante sete vezes, sem receber resposta. Especilistas consultados pelo Fantástico disseram que um acidente dificilmente acontece por causa de um único erro, e que deve ter havido uma sucessão de falhas. Eles disseram que é normal, embora não comum, haver falhas na comunicação ao entardecer - hora do acidente - por causa das ondas eletromagnéticas do sol. Neste domingo, mais 23 corpos foram identificados. Foi enterrado no Cemitério Campo da Esperança, em Brasília, o corpo do piloto Décio Chaves Júnior, de 44 anos. Na noite deste sábado, o desembargador João Mariosi, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, concedeu liminar que determina a retenção no Brasil do avião Legacy, envolvido no acidente com o Boeing da Gol, para usar o dinheiro na indenização de parentes das vítimas. O processo ainda seguirá na Justiça. O Exército atendeu os pedidos da Comissão de familiares das vítimas do acidente com o Boeing 737-800 da Gol e mandou um reforço de 100 soldados para ajudar no resgate dos corpos na Serra do Cachimbo, no Mato Grosso, elevando o total para 240 homens. O ministro da Defesa, Waldir Pires, disse que as buscas vão até o último corpo. Já o porta-voz do sindicato dos pilotos da American Airlines , que representa 13 mil pilotos dos EUA, recomendou aos pilotos americanos que evitem sobrevoar países em que possam ser presos ou acusados de provocar acidentes aéreos. O ministro da Defesa, Waldir Pires, voou neste sábado para a área da Serra do Cachimbo, no Mato Grosso, onde estão os destroços do Boeing 737-800.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu