Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Denunciado na ONU, Espírito Santo inaugura penitenciárias


 
Débora Zampier
Agência Brasil

Brasília - O governo do Espírito Santo entregou esta semana a primeira parte da Penitenciária Semiaberta de Vila Velha, com capacidade para 604 internos. Essa é a 23ª unidade prisional inaugurada na gestão atual, terceira apenas neste mês. A inauguração de mais uma penitenciária faz parte do processo de reestruturação do sistema prisional do estado, após a situação carcerária do Espírito Santo ter sido denunciada na última reunião do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas (ONU), ocorrida em março em Genebra (Suíça).

Desde 2003, a população carcerária do Espírito Santo passou de 3,5 mil para 11,4 mil, e devido à superlotação, os presos chegaram a ser abrigados em contêineres de lata. O governo afirma que gastou R$ 420 milhões na reestruturação do sistema prisional e que o Espírito Santo atualmente é o estado que mais investe na área, proporcionalmente à sua população.

Sobre a penitenciária inaugurada esta semana, a Secretaria de Justiça afirma que ela contará com áreas para atividades de ressocialização. “Essa unidade tem salas de aula, oficinas de trabalho, espaço para teatro e biblioteca que contemplam tudo o que está previsto na Lei de Execução Penal”, afirma o secretário de Justiça Ângelo Roncalli.

Para o presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos, Bruno Souza, responsável por apresentar as condições dos presídios na ONU, o governo fez um grande investimento após as denúncias. “Temos que discutir o modelo que se inaugura no estado. Fizemos aquilo [a denúncia] não só para discutir a estrutura física, mas também o sistema prisional como um todo. A questão da violência, da impunidade e a morosidade. A partir de janeiro, teremos estruturas muito boas, mas continuamos com violência enorme e com uma Defensoria Pública com pouquíssimos profissionais.”

Segundo Souza, o regime disciplinar em funcionamento nas unidades é equivocado porque dá o mesmo tratamento aos diferentes tipos de detentos, estejam eles em regime semiaberto, fechado ou presos provisoriamente. “No centro de detenção provisória a pessoa só pode receber visitas quinzenais e só com um vidro no meio e todas ficam 46 horas dentro da cela para terem banho de sol de 2 horas”.

Ele também contesta o sistema de ressocialização anunciado. “Em julho convocamos todas as pessoas envolvidas na ressocialização no estado e descobrimos que todos os programas não atingem mais de 15% da massa carcerária, que é de cerca de 12 mil presos”. Segundo Souza, o próximo governo se comprometeu a criar um grupo de trabalho para discutir o sistema prisional como um todo.

Para a representante da Associação de Mães e Familiares Vítimas da Violência do Espírito Santo (Amafavv-ES), Maria das Graças Narcot, “não adianta melhorar a estrutura se os policiais não recebem treinamento adequado e os presos continuam sendo torturados e os policiais ficam impunes”. Ela também afirma que os presídios já inaugurados ainda não estão devidamente equipados, e que são “lindos por fora e podres por dentro”.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç