Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Denúncia: prefeitos trocam livros escolares por sistema de apostilas


O combalido ensino público brasileiro está mergulhado em mais uma polêmica. Em São Paulo, 129 municípios decidiram deixar de lado os livros gratuitos oferecidos pelo Ministério da Educação (MEC) – um beneficio garantido pelo governo. No lugar deles, optaram pelo controverso e caro sistema apostilando de ensino em suas escolas de Educação Fundamental – que vai da primeira à oitava série.

A prática, que começou em São Paulo, ameaça se espalhar para outras regiões do País. Os livros cedidos ás escolas públicas são aprovados após um processo seletivo conduzido pelo MEC. Antes de chegar às salas de aula, eles têm seu conteúdo, formato e material de confecção analisados por um conselho de professores e técnicos das universidades federais. Apesar do selo de qualidade do MEC, algumas cidades optaram pela terceirização do material escolar.

A medida não é ilegal, pois os municípios têm autonomia na gestão e escolha dos métodos de ensino. Porém, o resultado tem se demonstrado desastroso. É o que ocorreu em Taubaté (SP).

No segundo semestre de 2005, o prefeito Roberto Peixoto (PSDB) encomendou 35 mil livros ao MEC. Meses depois, estranhamente mudou de idéia e encomendou as apostilas.Segundo a diretora do Departamento de Administração e Economia da Educação da USP, Lisete Arelaro, as apostilas são de má qualidade. "O material é de segunda categoria. A estética é pobre e o conteúdo inadequado", afirma.

Fonte: ANDI (Isto é, Chico Leite)

Mais Sobre Política - Nacional

GENTE QUE MUITO PULA

GENTE QUE MUITO PULA

É melhor ficar quieto e deixar que pensem que você talvez tenha errado do que mexer-se e tirar a dúvida

HASTA LA VISTA, BAMBINO

HASTA LA VISTA, BAMBINO

Césare Battisti buscou a proteção de Evo Morales, seu aliado de esquerda.

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos