Porto Velho (RO) sábado, 21 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Defesa de Roriz diz que Lei da Ficha Limpa cria insegurança jurídica


 
Débora Zampier
Agência Brasil

Brasília – Os advogados de defesa de Joaquim Roriz (PSC), candidato ao governo do Distrito Federal que teve o registro negado com base na Lei da Ficha Limpa, afirmaram, há pouco, que a norma cria insegurança jurídica para quem concorre ao pleito. Eles foram os primeiros a fazer a sustentação oral no julgamento sobre a aplicação da lei, que está sendo realizado nesta tarde no Supremo Tribunal Federal (STF).

“A interpretação do TSE [Tribunal Superior Eleitoral] criou grande insegurança jurídica. Hoje, a duas semanas das eleições, não se sabe quem é ou não candidato”, disse Eládio Carneiro, advogado da coligação de Roriz. O advogado referiu-se a duas consultas respondidas pelo TSE, que entendeu que a lei vale para essas eleições e que se aplica a casos anteriores a sua edição.

O advogado Pedro Gordilho, que também representa Roriz, não se colocou contra a Lei da Ficha Limpa, mas sim contra o fato de ela produzir efeitos já neste ano e de atingir fatos anteriores à sua edição.”Renúncia é ato jurídico perfeito, e não seria praticada se o autor pudesse imaginar que tribunais iriam atuar retroativamente neste assunto”, disse Gordilho, referindo-se ao fato de Roriz ter renunciado ao mandato de senador para escapar de um possível processo de cassação em 2007.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç