Porto Velho (RO) sábado, 18 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Declarações de Lula vão acirrar campanha, diz oposi


Alan Grip - Agência O GloboBRASÍLIA - As estocadas dadas no final de semana pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva na oposição deverão aumentar a agressividade do programa de TV do candidato do PSDB à sucessão presidencial, Geraldo Alckmin.O coordenador da campanha tucana, senador Sérgio Guerra (PSDB-PE), afirmou neste domingo ao jornal "O Globo" que nenhuma acusação de Lula ficará sem resposta no horário eleitoral gratuito, que começa nesta terça-feira. Guerra, no entanto, disse que o programa não pretende abaixar o nível do debate.- A agressividade do presidente será crescente e não vamos deixar acusação sem resposta. Mas também não seremos puxados para o debate do argumento de bandido, do "eu $roubando, mas antes de mim também havia irregularidade". Isso não é defesa de gente honesta - criticou Guerra.Outros integrantes da oposição também reagiram duramente às declarações de Lula em Salvador, onde o presidente criticou a imunidade parlamentar, ao dizer que é achincalhado sem poder reagir. Lula também chamou a oposição de "direita raivosa". Líder do PFL no Senado, José Agripino Maia, disse que o comportamento do presidente vai acirrar mais a campanha.- Esse comportamento prepotente estimula uma campanha radical. A oposição terá que reagir para colocar Lula em seu lugar. Ele está se julgando eleito e assinalando que seu governo apontará para o chavismo - disse Agripino, comparando Lula ao presidente da Venezuela, Hugo Chávez.Em São Paulo, o candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, criticou neste domingo o presidente por sua decisão de faltar ao debate desta segunda-feira, entre os candidatos, na TV Bandeirantes, a partir das 22h, ao qual deverão comparecer, além do tucano, Heloisa Helena (PSOL), Cristovam Buarque (PDT), José Maria Eymael (PSDC) e Luciano Bivar (PSL).- Tenho a impressão de que ele (Lula) gosta de monólogo, mas não de debate. Acho que cabe ao eleitor julgar aqueles que se recusam a participar de debates como o de amanhã (segunda-feira) - afirmou Alckmin.- Não vou participar do debate. Falei com Jonny Saad (dono da Bandeirantes) e disse a ele que sou presidente e candidato. E é preciso preservar a instituição da Presidência e isso está acima de ser candidato - justificou Lula.O ex- presidente Fernando Henrique Cardoso também não participou de debates quando se candidatou à reeleição em 1998 e foi criticado por adversários, inclusive Lula.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di