Porto Velho (RO) terça-feira, 26 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Datafolha: pergunta qual o candidato mais preparado


Agência O GloboO Datafolha também quis saber qual é o candidato mais preparado para ser presidente. Para 44%, é o presidente Lula; já 31% disseram que é Alckmin; Heloísa Helena (5%); e Cristovam Buarque (1%). Não souberam responder 12% dos eleitores e para 5% nenhum dos candidatos é o mais preparado.A pesquisa mostra ainda que 63% ainda não sabem em quem votar para deputado federal e 60%, para deputado estadual. O instituto ouviu 7.724 eleitores em 349 municípios nos dias 4 e 5 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 15747/2006.

Mais Sobre Política - Nacional

AROEIRA: RELAÇÃO ENTRE JAIR BOLSONARO E RODRIGO MAIA É DE AMOR E ÓDIO

AROEIRA: RELAÇÃO ENTRE JAIR BOLSONARO E RODRIGO MAIA É DE AMOR E ÓDIO

O chargista Aroeira, do Jornalistas pela Democracia, divulgou nesta segunda-feira (25) nova charge em que retrata a crise política protagonizada pelo

Presidente Jair Bolsonaro autoriza celebração do 31 de março de 1964

Presidente Jair Bolsonaro autoriza celebração do 31 de março de 1964

O presidente Jair Bolsonaro aprovou a mensagem que será lida em quarteis e guarnições militares no próximo dia 31 de março, em alusão à mesma data no

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

Câmara dos Deputados: CCJC aprova projeto de política nacional de prevenção ao suicídio

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO), informou que Câmara dos Deputados, por meio da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC)

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor