Porto Velho (RO) quinta-feira, 3 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Cristovam nega que vá pedir impeachment. Já OAB não descarta a possibilidade


Raquel Miura - Agência O Globo BRASÍLIA - O candidato do PDT a presidente da República, senador Cristovam Buarque, voltou a cobrar explicações do candidato do PT à reeleição, presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sobre o suposto dossiê contra tucanos, mas descartou a possibilidade de pedir o impeachment do petista. Segundo ele, o impeachment só vale se houver iniciativa popular. - Quero deixar claro que eu não vou pedir impeachment em hipótese nenhuma. Não serei eu que irei tomar essa iniciativa. Impeachment é algo sério demais para uma só pessoa tomar. Se todo mundo sair às ruas pedindo o afastamento de Lula, aí eu também apoiarei porque seria uma iniciativa do povo - disse. Nesta quarta-feira, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Roberto Busato, voltou a falar sobre a proposta de impeachment do presidente. Segundo ele, a OAB pode voltar a analisar a proposta, mas para isso será necessário esperar o término das eleições e um eventual agravamento da crise, com novos indícios que envolvam Lula à tentativa de compra do suposto dossiê. - A OAB deixou de ir ao Congresso com o pedido de impeachment com base em dois pressupostos: o primeiro era a inoportunidade pelo calendário eleitoral. Se ocorrer a eleição no primeiro turno, essa realidade cai por terra. E o segundo pressuposto é o da confiabilidade da Câmara em função dos problemas havidos nessa legislatura. Isso continua pendente. Portanto, na OAB não se fala em impeachment - disse. Pressionado pelos repórteres se o quadro mudaria com a eleição de novos parlamentares, Busato concordou que isso poderia ensejar um novo pedido de impeachment. - Aí já muda o quadro. As duas premissas em que a Ordem se baseou para não pedir o impeachment deixam de existir. Se houve clima para tanto, em face de algumas evidências que possam ser encontradas, ou um grande debate na instituição, isso pode voltar à tona. Nesta terça-feira, o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, chegou a fazer uma crítica indireta à OAB por causa da tese de impeachment defendida por Busato. Tarso disse que falará no momento oportuno sobre o comportamento da OAB, mas ressaltou que essa atitude não é positiva para a dignidade dessa corporação.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu