Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Criminoso preso em Minas Gerais confessa ter matado senador há 19 anos, diz TV


Folha Online

O líder de uma quadrilha que rouba bancos e carros-fortes em Minas Gerais confessou ser o autor do assassinato do senador Olavo Gomes Pires Filho Pires (GO), em 1990. Em depoimento, gravado pela Polícia Civil mineira, João Ferreira Lima confessa o crime, segundo reportagem do "Jornal da Globo", da TV Globo.

Ferreira Lima, conhecido como "João de Goiânia", diz que disparou 16 vezes contra o senador. "Ele [o senador] foi morto por um rapaz meio nervoso, que não gostava de levar desaforo para casa e que gosta muito de arma. Hoje esse rapaz já está mais velho", disse friamente o acusado, revelando ser o autor do crime.

No vídeo, exibido pelo jornal, João afirma que matou o senador por uma dívida relacionada à receptação de carros furtados.

A quadrilha que João comandava era investigada desde 2007. O grupo, formado por seis assaltantes, era acusado de roubos em São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná e Rondônia.

Olavo Gomes Pires Filho Pires, deputado federal (1983-1987) e senador (1987-1990), foi morto aos 52 anos no dia 16 de outubro de 1990, em Porto Velho.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç