Porto Velho (RO) domingo, 15 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

CPT apresenta estudo sobre conflitos no campo



ADITAL - A Comissão Pastoral da Terra (CPT) divulga amanhã (15) o relatório "Conflitos no Campo Brasil 2007", que apresenta dados dos conflitos e da violência no meio rural brasileiro. De acordo com o estudo, no ano passado, foram assassinadas 28 pessoas em conflitos pela terra; 11 pessoas a menos que em 2006.

A diminuição no número de mortes se deu basicamente no Pará, estado em que ocorreram 5 mortes em 2007, quanto no ano anterior tinham sido 24. No entanto, o relatório destaca que, enquanto houve retração no Pará, no restante do país houve um aumento de 50% no número dos assassinatos.

"Isto mostra que a violência se espraia pelo Brasil, dominando novos espaços", disse o "Conflitos no Campo Brasil 2007". As mortes, no ano passado, aconteceram em 14 estados, quando em 2006, foram oito estados. O objetivo da CPT com o relatório é denunciar os conflitos e a violência a que são submetidos os trabalhadores e trabalhadoras rurais.

O documento, reconhecido como publicação científica pelo Instituto Brasileiro de Informação e Ciência e Tecnologia (IBICT), será lançado durante o Acampamento de Lançamento da Campanha pelo Limite da Propriedade da Terra, no Estádio Mané Garrincha (Brasília).

O estudo apresentará os números de ameaçados de morte, as de tentativas de assassinato, de expulsões, despejos judiciais, ocupações, e do trabalho escravo. Além disso, será relatada a situação dos conflitos trabalhistas, com destaque para a superexploração e a escravização dos cortadores de cana, diante do avanço da agroenergia, principalmente, do etanol.

Fonte: ADITAL

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç