Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de março de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Consulta ao 3º lote de restituições será liberada terça-feira


A partir das 8 horas de terça-feira (8), a Receita Federal vai liberar a consulta ao 3º lote de restituições do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2006, ano-base 2005. As informações vão estar disponíveis na internet (www.receita.fazenda.gov.br) ou no telefone 0300-78-0300.

Neste lote foram liberadas 375.407 declarações, das quais 269.540 para contribuintes com imposto a restituir, no valor de R$ 289.999.979,67. Foram liberadas ainda declarações de 56.102 contribuintes com imposto a pagar, correspondendo a R$ 62.571.994,25. A Receita apurou ainda que 49.765 pessoas não terão nem imposto a receber nem a restituir.

O saque da restituição poderá ser feito a partir do dia 15. A correção total será de 4,63%, referentes a taxa Selic acumulada de maio a julho mais 1% de agosto. O valor disponível não terá qualquer outro acréscimo, independentemente da data em que for sacado.

Quem não informou o número de conta corrente para crédito da restituição pode, a partir do 15, procurar uma agência do Banco do Brasil ou ligar para 4004-0001 (capitais) e 0800-729-0001 (demais localidades) para transferir o dinheiro para qualquer banco em que seja correntista.

A consulta ao extrato de processamento da declaração pode ser feita na página da Receita na internet. Por meio dele, o contribuinte pode ficar sabendo, por exemplo, os motivos pelos quais sua declaração ainda não foi liberada.

A Receita volta a alertar que não se deve falar em malha fina antes de dezembro, quando é liberado o último lote do calendário normal. Só se considera retida em malha a declaração que não for liberada até aquele mês..

Mais Sobre Política - Nacional

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Vídeo: Mariana Carvalho comemora a aprovação do seu projeto em que o agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

Projeto da deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO) e do deputado Rafael Motta (PSB-RN) é aprovado no Senado Federal. O projeto determina que o agressor

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

APROVADO – Agressor terá de ressarcir SUS por custos com vítima de violência doméstica

O Plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira (19), projeto que determina que o agressor nos casos de violência doméstica e familiar será obrigado a

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Câmara dos Deputados aprova prioridade de matrícula para filhos de mulher vítima de violência

Proposta permite ao juiz determinar a matrícula ou transferência de dependentes da mulher vítima de violência independentemente da existência de vagaO

Mulheres são homenageadas na Câmara por se destacarem na luta por direitos

Mulheres são homenageadas na Câmara por se destacarem na luta por direitos

Em sessão solene no plenário da Câmara dos Deputados, a Medalha Mietta Santiago foi entregue hoje (19) a cinco mulheres que se destacaram na luta por