Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Comissão mista quer mínimo de R$ 400 com reajuste em março


Agência O GloboBRASÍLIA - A comissão mista do salário-mínimo (composta por deputados e senadores) aprovou nesta quarta-feira o envio de um projeto de lei que propõe que o novo mínimo seja de R$ 400 e que o aumento seja aplicado já em março do próximo ano. Em 2009, a Comissão espera que o reajuste seja válido já no mês de janeiro.- A intenção é discutir o aumento do mínimo junto com a votação do Orçamento da União no Congresso. Queremos que não exista divergência entre o valor reservado para os gastos do governo e o reajuste do mínimo - explica o deputado Walter Barelli (PSDB-SP), que propôs a mudança.Hoje, o governo sugere um reajuste e separa uma verba, mas, no meio do ano, com o Orçamento já aprovado, é preciso modificar o gasto. No Orçamento, a previsão de reajuste do mínimo é de 7,14%, com o valor chegando a R$ 375.- O objetivo é antecipar as discussões entre o governo e os trabalhadores.A mudança ainda precisa ser aprovada pelo Congresso.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que