Sábado, 20 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Clodovil promete 'política do afeto' e diz que não será esquecido pelo Brasil


Isabel Braga - Agência O Globo BRASÍLIA - Eleito pelo PTC com 493 mil votos, o estilista Clodovil esteve nesta terça-feira na Câmara e garantiu que sua passagem pelo Congresso ficará marcada na memória de todos. Com um figurino impecável, o futuro deputado vestia terno sem gola cáqui de botões amarelos, gravata azul, uma blusa azul claro por baixo e um lenço no bolso esquerdo combinando com a gravata. - O Brasil vai se lembrar de mim, e não só o Congresso - prometeu. Clodovil defendeu o que chamou de "política de amor e afeto": - Sou que nem cachorro, é só passar a mão que eu abano o rabo. Clodovil descreveu sua visita ao presidente da Câmara, Aldo Rebelo, como um encontro para conhecer o Parlamento e aprender como funciona o Congresso. - Não entendo de nada, eu vim aprender. Viver é um ato político - disse. O estilista não quis dizer qual dos dois candidatos vai apoiar no segundo turno da eleição presidencial: - O voto é secreto. Isso aqui não é time de futebol. Vou trabalhar primeiro por Deus e em segundo lugar por mim. Perguntado se o tucano Geraldo Alckmin teria sido muito agressivo no debate de domingo, Clodovil ironizou: - Que nada! Temperaram um pouquinho o chuchuzinho e ficou ótimo. Cuidadoso, Clodovil desconversou ao ser perguntado sobre a declaração de que poderia trocar seu voto, dependendo da proposta. - Você está querendo me dar um nó. Não vou responder não! O estilista garantiu que Aldo Rebelo não lhe fez nenhuma advertência sobre suas declarações. O presidente do Conselho de Ética da Câmara, deputado Ricardo Izar (PTB-SP), também teria dado um puxão de orelha no futuro deputado. Clodovil acusou a imprensa de manipular suas palavras. - Não me fez nem me faria. Teria que ter feito a vocês da impresna. O que eu disse é que todo homem tem seu preço, que 30 mil é pouco e com 30 milhões você pode ajudar algo ou alguém. Mas mesmo assim não valeria a pena. Eu não sou analfabeto, não sou idiota e nem bebo para dizer uma coisa dessas - disse. Clodovil disse que Aldo foi muito gentil e viu que ele é uma pessoa muito boa de coração. - Sou uma pessoa muito boa de coração e o Aldo percebeu isso, porque arranquei lágrimas dele.

Gente de OpiniãoSábado, 20 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Sábado, 20 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)