Porto Velho (RO) terça-feira, 2 de junho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Cerca de 900 mil armas podem ficar ilegais no sul do país


Agência O Globo RIO - Até o momento, apenas 3% do armamento no Rio Grande Sul foram recadastrados na Polícia Federal. Com isso, cerca de 900 mil armas podem ficar ilegais até o final do ano no estado. Em 23 de dezembro, termina o prazo para os brasileiros recadastrarem seus armamentos na PF. O comandante da Brigada Militar na Capital, Edson Alves, alerta para a necessidade de regularização e avisa que as punições serão rigorosas: a pena varia de um a três anos de detenção. Na segunda-feira, completa um ano o referendo em que os brasileiros rejeitaram a proibição da venda de armas. Para o registro na Polícia Federal, são exigidos vários documentos e o pagamento de uma taxa de R$ 300.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu