Porto Velho (RO) segunda-feira, 14 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Centrais devem pedir mínimo de R$ 420 em 2007


Agência O GloboSÃO PAULO - As centrais sindicais já deram início às discussões sobre o novo salário-mínimo - o reajuste será concedido pelo governo no ano que vem. A Força Sindical, Confederação Geral dos Trabalhadores (CGT) e Confederação Geral dos Trabalhadores do Brasil (CGTB) definiram um valor, que será debatido com as demais centrais sindicais, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT).A intenção inicial é brigar por 20% de reajuste do mínimo, o que significa que passaria dos atuais R$ 350 para R$ 420. - O mínimo é o melhor instrumento de distribuição de renda, por isso, vamos brigar por esse reajuste - declara João Carlos Gonçalves, o Juruna, secretário-geral da Força Sindicial. As centrais também vão definir um índice de correção da tabela do Imposto de Renda.- Vamos esperar uma análise do Dieese para divulgar o índice - explica.Na próxima segunda-feira, os sindicalistas voltam a se reunir para pensar em mobilizações e no plano de luta para alcançarem o reajuste. O valor será apresentado ao Congresso Nacional.- Vamos começar a pensar o que faremos de mobilizações. Podemos fazer, mais uma vez, uma marcha até Brasília ou mesmo uma carreata - explica Juruna.Na semana passada a Comissão Mista Especial do Salário-Mínimo do Congresso divulgou relatório em que prevê mínimo de R$ 400.As centrais sindicais reivindicaram salário-mínimo de R$ 400 no ano passado - o piso era de R$ 300 até abril deste ano. O governo concedeu reajuste de 16,66% para os trabalhadores.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç