Porto Velho (RO) sábado, 21 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Candidatos intensificam campanha nos maiores colégios eleitorais do país


 

Priscilla Mazenotti

Agência Brasil,
Brasília - A uma semana do segundo turno da eleição, os candidatos à Presidência da República intensificam a campanha em busca dos votos dos 56 milhões de eleitores dos maiores colégios eleitorais do país: São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Nesses estados, o tucano José Serra venceu apenas em São Paulo, com 40,66% dos votos. A petista Dilma Rousseff venceu em Minas Gerais, com 46,98%, e no Rio de Janeiro, com 43,76%.

Enquanto José Serra e Dilma Rousseff trabalham no Sudeste, atos de campanha deverão ser feitos no Norte e no Nordeste para garantir votos dos eleitores dessas regiões. Para isso, vão contar com os governadores eleitos dos dois partidos e com a estrutura já montada nos estados.

O esforço nesses três estados tem um objetivo: reverter o quadro do primeiro turno. Na Região Nordeste, José Serra foi derrotado por Dilma com uma diferença de mais de 40 pontos. No Norte, a candidata petista obteve quase 18 pontos de vantagem em relação ao tucano. No Centro-Oeste, a disputa foi mais acirrada: Serra ficou quase 2 pontos atrás de Dilma.

A partir de agora, os candidatos têm mais quatro dias para participar de comícios e reuniões públicas. A legislação eleitoral estabelece que a propaganda política deve ser encerrada quinta-feira (28), três dias antes do pleito. Na sexta-feira (29), será exibida a última propaganda eleitoral no rádio e na televisão e também as últimas propagandas pagas nos jornais impressos e aquelas feitas na internet. A data também é o prazo final para a realização de debates entre os candidatos.

No sábado (30), um dia antes da eleição, os candidatos ainda poderão participar de carreatas e usar alto-falantes ou amplificadores de som, mas só até as 22h.

O segundo turno das eleições será realizado no próximo domingo (31). As seções eleitorais estarão abertas das 8h às 17h. O comércio poderá funcionar normalmente, desde que os donos estabeleçam tempo para que os funcionários possam votar. Durante o pleito, o eleitor poderá se manifestar silenciosamente e individualmente.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç