Domingo, 21 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Campo Majoritário declara guerra a Tarso


Agência O Globo SÃO ROQUE - Às vésperas da reunião do PT com o ministro Tarso Genro, no Planalto, o Campo Majoritário, corrente que dirige o partido e é comandada pelo ex-ministro José Dirceu, declarou guerra ao ministro das Relações Institucionais, que prepara um documento no qual cobrará a "refundação do partido" para superar a crise política interna deflagrada desde o escândalo do mensalão. O manifesto de Tarso, que deve ser divulgado no encontro do Diretório Nacional do PT, no próximo fim de semana, em Salvador, rachou ainda mais o partido. E abriu espaço para que o Campo Majoritário transformasse a reunião fechada convocada para este fim de semana, nos arredores de São Paulo, num ato de repúdio às proposições do documento. - É uma tese boba, besta, sem cabimento e prejudicial ao PT - reagiu o secretário-geral do partido em São Paulo, João Antonio, ontem, depois do segundo dia do seminário promovido pelo Campo para discutir o papel do PT no segundo mandato do governo Lula. Diante do vazamento de informações de que Tarso defenderia em manifesto o afastamento de dirigentes de um "grupo alheio às instâncias do partido e que continua ditando as regras", petistas ligados a Dirceu partiram para o contra-ataque. - Essas palavras do Tarso trazem de volta o discurso defensivo e derrotista do PT, além de provocar críticas que vários setores têm em relação ao partido - disse o vereador José Américo Dias, um dos líderes do Campo Majoritário em São Paulo. O ex-coordenador da campanha presidencial de Lula, Marco Aurélio Garcia, prepararia ainda um documento oficial do Campo Majoritário para rebater as críticas de Tarso. O confronto entre os dois grupos deve dominar a pauta do encontro do Diretório Nacional do PT. O encontro de São Roque serviu também para que correligionários próximos a Dirceu declarassem apoio ao projeto que deve ser encaminhado ao Congresso defendendo a sua anistia. Dirceu foi cassado no ano passado pela Câmara do Deputados, acusado de chefiar o grupo que controlava o esquema de corrupção no governo. (Leia a reportagem completa em no Globo Digital)

Gente de OpiniãoDomingo, 21 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Domingo, 21 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)