Porto Velho (RO) sábado, 31 de julho de 2021
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Cai o número de eleitores jovens e Justiça Eleitoral inicia campanha de conscientização


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) iniciou ontem, segunda-feira (15), em todo o país, campanha dirigida aos jovens, entre 16 e 17 anos, para que tirem seus títulos de eleitor e participem das eleições de 2008. A iniciativa tem o objetivo de aumentar o número de eleitores nessa faixa etária que caiu quase à metade entre outubro de 1992 e junho de 2007.

De acordo com dados estatísticos da Justiça Eleitoral, em outubro de 1992, o número de eleitores com 17 anos era de 1.822.639 (2,02%) e de 1.398.841 (1,55%) com 16 anos, respectivamente, chegando a 3,57% do eleitorado.

Em junho de 2007, o número de jovens eleitores com 17 anos era de 1.584.199 (1,26%) e de 507.939 (0,4%) com 16 anos, perfazendo um total de 1,66%.

Em vista desse quadro e da responsabilidade de informar o eleitor brasileiro, bem como de contribuir para o exercício da cidadania, o TSE lança hoje a campanha de conscientização sobre a importância da participação e do engajamento da juventude no processo eleitoral.

O presidente do TSE, ministro Marco Aurélio, solicitou a colaboração de todos os meios de comunicação na distribuição e divulgação do material produzido às emissoras de rádio e televisão, para a veiculação nacional e gratuita dos filmetes e spots. A veiculação está prevista para ocorrer no período de 15 de outubro a 15 de dezembro deste ano.

Filmetes

Os dois filmetes, que irão ao ar na televisão, e os dois spots que serão veiculados no rádio, foram produzidos pela Fundação Padre Anchieta/TV Cultura de São Paulo, e têm 30 segundos de duração cada um.

Um deles retrata jovens no portão de um colégio, enquanto uma menina, ao entrar, deixa cair o título de eleitor. Uma voz em off, diz: "Se você tem 16 ou 17 anos você pode dizer o que pensa, mas sem o título de eleitor você não será ouvido. Seu título é a sua voz. Faça seu título de eleitor, seja ouvido. Decida o futuro do seu país."

O segundo mostra jovens em uma manifestação de rua, erguendo cartazes onde está escrito "Queremos ser ouvidos. Queremos voz", com a mesma mensagem em off.

Spots

No rádio, a propaganda é ambientada em um estádio de futebol onde se ouve os torcedores gritarem: "É campeão" e "Queremos voz". A mensagem conclama os jovens a fazerem seu título de eleitor, "para serem ouvidos". A orientação é no sentido de que procurem o cartório eleitoral em sua cidade portando, para isso, um documento de identidade com foto e comprovante de endereço, para a confecção do título de eleitor.

De acordo com o artigo 14 da Constituição Federal, o alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para os maiores de 18 anos, e facultativo para os maiores de 16 e menores de 18 anos, os maiores de 70 anos e os analfabetos.

Fonte: TSE

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu