Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Cade condena cartel das vitaminas


Henrique Gomes Batista, Agência O GloboBRASÍLIA - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) condenou, nesta quarta-feira e por unanimidade, os laboratórios Roche, Basf e Aventis por combinação de preços e prática desleal à concorrência no mercado de vitaminas.Segundo a presidente do órgão, Elizabeth Farina, estudos apontam que o cartel pode ter causado prejuízo de US$ 183 milhões, entre 1994 e 1999, quando o Brasil importava 100% dos complexos vitamínicos vendidos no país. Juntas, as empresas foram multadas em R$ 17,7 milhões.O Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência _ do qual fazem parte ainda as secretarias de Direito Econômico (MInistério da Justiça) e de Acompanhamento Econômico (Ministério da Fazenda) _ deu início às investigações em 1999, quando os laboratórios foram acusados de formação de cartel nos Estados Unidos e começou o processo administrativo americano.As empresas _ que juntas representam 75% do mercado mundial de vitaminas _ passaram, então, a ser alvos de investigação em vários países onde atuam, nos quais também foi verificada prática desleal à concorrência. Os EUA e a União Européia também já as condenaram.Na leitura de seu voto, Elizabeth Farina afirmou que estudos elaborados para auxiliar o processo chegaram à conclusão de que o Brasil, entre 1994 e 1999, importava todos os complexos vitamínicos vendidos no mercado doméstico. Isso representou gastos de US$ 665 milhões.Roche, Basf e Aventis tinham uma combinação de preços, o que elevou o valor de importação em até 38%. Com base nas distorções encontradas, o Cade acredita que houve uma despesa adicional _ portanto, prejuízo ao consumidor brasileiro _ de US$ 183 milhões.De acordo com a participação de mercado de cada um dos laboratórios, o relator do processo, conselheiro Ricardo Cuevas, determinou a multa a ser paga. À Roche coube a maior parte: R$ 12,120 milhões. A Basf terá que pagar R$ 4,726 milhões e a Aventis, R$ 847 mil. Encerrado este processo administrativo, as empresas podem recorrer à Justiça comum.

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç