Sábado, 20 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Brasileiros voltam às urnas para escolher presidente e governador em dez estados


Agência O Globo RIO - Cerca de 126 milhões de eleitores voltam às urnas neste domingo para o segundo turno das eleições presidenciais. Em dez estados, há votação também para governador. São eles: Goiás, Pará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A votação começará às 8h e se estenderá até as 17h. Por causa do fuso horário, o segundo turno presidencial já começou em alguns países da Ásia e da Oceania, como Japão, Nova Zelândia e Austrália. O TSE estima que, até as 22h de domingo, 90% dos votos para presidente estejam totalizados e divulgados. Se a disputa entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o tucano Geraldo Alckmin (PSDB) não estiver muito acirrada, como foi no primeiro turno, será possível saber quem é o vitorioso três ou quatro horas após o fim da votação. Os eleitores que, por algum motivo, não puderam votar no primeiro turno podem votar normalmente neste domingo. O título eleitoral só é cancelado depois que o eleitor deixa de votar por três vezes consecutivas. Quem perdeu o título, poderá votar apenas com a carteira de identidade ou com documento com fotografia. É possível votar usando short, bermuda ou sandália. Porém, trajes de banho não serão tolerados. Se o eleitor estiver apenas de sunga ou biquíni, pode ser impedido de votar. É importante lembrar que a propaganda eleitoral no dia do pleito é proibida por lei. A boca-de-urna, como é chamada, embora seja muito praticada, pode resultar em detenção de seis meses a um ano e multa de até R$ 16 mil. Mas o uso de boné, camiseta ou outro adereço de seu candidato ou partido está autorizado, assim como adesivos em veículos particulares. O voto é obrigatório para os brasileiros natos ou naturalizados com idades entre 18 e 70 anos. E facultativo para analfabetos, jovens maiores de 16 anos e menores de 18 anos, e idosos com mais de 70 anos. Quem não estiver no domicílio eleitoral precisa justificar a ausência. Os formulários são encontrados em bancos oficiais, correios e cartórios, além de locais definidos pelos juízes eleitorais.

Gente de OpiniãoSábado, 20 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

STF tem maioria para determinar recálculo de cadeiras na Câmara dos Deputados

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou nesta sexta-feira (25) maioria de votos para determinar que a Câmara dos Deputados faça a redistribuição do

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

Governo Federal se compromete a incluir plano de carreira da ANM na LOA 2024

O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SInagências) conseguiu uma solução direta do governo após intensa articulaç

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

Deputado estadual Pedro Fernandes será o relator da CPI das Reservas em Rondônia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Reservas foi instaurada em Rondônia para investigar possíveis irregularidades nos processos de criação

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Ministro Paulo Pimenta trata sobre parceria entre Rede IFES de Comunicação Pública, Educativa e de Divulgação científica com a EBC e o Governo Federal

Na tarde dessa segunda-feira (06), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (SECOM), Paulo Pimenta, esteve r

Gente de Opinião Sábado, 20 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)