Porto Velho (RO) terça-feira, 3 de agosto de 2021
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Brasil tem quase três vezes mais vigilantes privados do que policiais


   
De 2002 até janeiro deste ano, o número de seguranças particulares cresceu 87%


O Brasil tem 1,7 milhão de vigilantes privados, ante 602 mil policiais civis, militares, federais e bombeiros. A proporção é de quase três seguranças para um agente público. Os dados foram divulgados pelo jornal Folha de S.Paulo nesta segunda-feira.

A estatística brasileira supera a dos Estados Unidos (com 2,5 vigilantes privados para cada público) e do México (índice de dois para um). Além disso, do total de trabalhadores da segurança no setor privado, somente 455 mil têm carteira assinada, segundo a Polícia Federal.

Em 2008, surgiram 139.654 novos agentes particulares. De 2002 até janeiro deste ano, o número de profissionais cresceu 87%. De 2003 a 2006, o efetivo responsável pela segurança pública aumentou 5%. Na iniciativa privada, o crescimento foi de quase 40%.


Fonte: Jornal Zero Hora

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu