Porto Velho (RO) sexta-feira, 5 de junho de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Brasil pode ter um novo feriado em maio, o de Frei Ga


Agência O Globo BRASÍLIA - O país pode ganhar um novo feriado no dia 11 de maio deste ano, por causa da visita do Papa Bento XVI. Na próxima segunda-feira, os senadores serão informados de que terminou no dia 4 o prazo para apresentação de recurso contra o projeto de lei de autoria do senador Francisco Dornelles (PP-RJ) que institui o feriado nacional em homenagem ao Santo Antônio de Sant'Anna Galvão, o Frei Galvão. O projeto foi aprovado em caráter terminativo na Comissão de Educação do Senado. Como não houve recurso pedindo que a matéria fosse apreciada pelo plenário, o texto seguiu direto para a Câmara, onde terá que ser aprovado a tempo. Segundo o secretário-geral da Mesa da Câmara, Mozart Vianna de Paiva, o projeto deverá ser encaminhado, em caráter também terminativo, às Comissões de Educação e Cultura e de Constituição e Justiça. Se aprovado nas duas, segue para sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para levar a votação ao plenário da Câmara, é preciso recurso com assinatura de pelo menos 51 deputados. O presidente da Comissão de Educação, deputado Gastão Vieira (PMDB-MA), está confiante de que o projeto será aprovado e promete pressa na apreciação. Pelo projeto, o dia 11 de maio só será feriado neste ano. Já prevendo que o projeto será mesmo aprovado, o Banco Central divulgou nota na noite de quarta-feira confirmando o temor do mercado de que perderá um dia útil nas aplicações. "O Banco Central do Brasil esclarece que, conforme o disposto no artigo 5º da Resolução 2.932, de 28 de fevereiro de 2002, os feriados de âmbito nacional não são considerados dias úteis para fins de operações praticadas no mercado financeiro e de prestação de informações ao Banco Central", diz a nota. Na justificativa do projeto, Dornelles argumenta que, após anos de esforços, Frei Galvão teve sua santidade reconhecida pelo Vaticano, passando a ser o primeiro santo brasileiro. É verdade que, em 2002, o Papa João Paulo II canonizou Madre Paulina. No entanto, apesar de ter passado a maior parte da vida no Brasil, a religiosa nasceu na Itália. "Além das celebrações e homenagens espontâneas dos crentes, essa posição de primazia passa a merecer uma homenagem de toda a nação. Por isso, propomos o presente projeto de lei para consagrar o dia 11 de maio a Santo Antônio de Sant'Anna Galvão", diz o autor no texto. Nascido em 1739 em Guaratinguetá (SP), Frei Galvão morreu em São Paulo em 23 de dezembro de 1822 e foi fundador do Mosteiro da Luz. A ele foram atribuídos muitas curas, entre elas as proporcionadas pela ingestão de uma pílula que consiste numa oração inscrita em um papel.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu