Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Brasil é o maior consumidor mundial de drogas para emagrecer


Demétrio Weber - Agência O Globo BRASÍLIA - Pesquisa encomendada pela Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) constatou que o Brasil é o maior consumidor mundial de remédios para emagrecer - as chamadas drogas anorexígenas. Entre 2001 e 2005, o consumo cresceu 100%. O país já está sendo cobrado internacionalmente e o governo diz que já está estudando medidas para controlar a prescrição e a venda desses remédios. O estudo foi realizado em 108 cidades com mais de 200 mil habitantes.- Há uma expectativa da sociedade de que o Brasil fique livre de drogas. Isso não vai acontecer - disse o pesquisador Elisaldo Carlini, presidente do Centro Brasileiro de Informação sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid).Conforme antecipou o jornal "O Globo" no domingo, o estudo, intitulado II Levantamento Domiciliar sobre Uso de Drogas Psicotrópicas no Brasil, mostra o crescimento no consumo de bebidas alcoólicas, maconha e cocaína, entre outras drogas, no país. Segundo o estudo, 12,3% da população brasileira de 12 a 65 anos são dependendes de bebida alcoólica, o que equivale a 5,7 milhões de pessoas. Esse percentual supera a proporção de brasileiros dependentes de tabaco, que é de 10,1%, ou 4,7 milhões de consumidores.No levantamento anterior, em 2001, a dependência de álcool atingia 11,2% da população, sendo 5,2% na faixa de 12 a 17 anos. O novo estudo apontou aumento não só no universo total da população de 12 a 65 anos -de 11,2% para 12,3%- mas também entre os mais jovens. Na faixa de 12 a 17 anos, 7% eram dependentes de álcool em 2005.O álcool aparece como a droga consumida por mais brasileiros pelo menos uma vez na vida. Foi o que disseram 74,6% dos 7,9 mil entrevistados. Em segundo lugar vem o tabaco, com 44%; em terceiro a maconha, com 8,8%, seguida por solventes (6,1%), tranqüilizantes (5,6%), orexígenos -estimulantes de apetite- (4,1%), anfetaminas -entre eles, redutores de apetite- (3,2%), cocaína (2,9%) e xaropes (1,9%). À exceção dos estimulantes de apetite e xaropes, todos os demais tipos de drogas tiveram aumento de consumo de 2001 para 2005.O diretor do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas, Elisaldo Carlini, disse que o Brasil é campeão mundial de consumo de drogas para inibição de apetite. Segundo ele, o Brasil deveria seguir o exemplo de Portugal e proibir a prescrição desse tipo de remédio.- Médicos saem da ética médica e prescrevem essas drogas por razões estéticas e não por razões médicas.Carlini afirmou que o fato de ter aumentado o consumo de drogas no Brasil segue uma tendência mundial. Segundo ele, o esforço deve ser no sentido de reduzir o acesso e o consumo, sem a ilusão de achar que é possível acabar com as drogas

Mais Sobre Política - Nacional

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Sonegação de R$ 26 bi do Itaú vai a julgamento. É a maior da história

Está revogada a decisão do Carf que havia livrado o banco de pagamento de multa de R$ 26 bilhões por sonegação de impostos; é a maior da história...

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários se manifestam em Brasília em defesa de bancos públicos

Bancários protestam contra as resoluções da Comissão Interministerial de Governança Corporativa e de Administração de Participações Societárias da Uni