Porto Velho (RO) segunda-feira, 16 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Bolsa Família: Últimos dias para informações beneficiários



Brasília, 29 - Termina na próxima sexta-feira (31/12) o prazo para os municípios registrarem a informação sobre a agenda de saúde dos beneficiários do Programa Bolsa Família. Balanço parcial aponta que 56% das 10,7 milhões de famílias que precisam informar os dados tiveram as informações de acompanhamento registradas no sistema do Ministério da Saúde até 18 de dezembro. À época, 265 municípios ainda estavam com monitoramento inferior a 20% do total de famílias que devem ser acompanhadas. Com este índice, as prefeituras não recebem do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) os recursos mensais destinados à gestão local do programa. Dez cidades não tinham sequer acessado o sistema e outras 81 não tinham registrado nenhuma informação.

A região com maior percentual de monitoramento parcial é a Nordeste, com 61%. Estados como Paraná, Rio Grande do Norte, Piauí, Sergipe e Tocantins estão à frente da média nacional (veja quadro abaixo). Entre as cidades com maior acompanhamento na agenda de saúde, 84 municípios já tinham atingido o índice de 100% em 18 de dezembro. A capital de Roraima, Boa Vista, está entre os municípios com altos índices de monitoramento da agenda de saúde dos beneficiários do Bolsa Família. A cada semestre, as prefeituras devem informar ao Governo Federal a situação da vacinação infantil das crianças de até sete anos, acompanhar o peso e crescimento dessas crianças e também o pré-natal de gestantes.

Enquanto a média nacional do primeiro semestre de 2010 chegou a 67% do total de famílias que se enquadravam no perfil de saúde, Boa Vista acompanhou 93% das famílias. No processo atual já atingiu 91% das 17.305 famílias. Segundo a gestora municipal do Programa Bolsa Família, Iraci Oliveira, todas as 1.697 famílias que faltam receberam visitas da equipe da Secretaria Municipal de Gestão Participativa e Cidadania. “Só não conseguimos monito rar aqueles beneficiários que mudam e não informam o novo endereço”, observa.

O segredo do sucesso da capital de Roraima está na criação do Expresso Saúde - que atende as localidades onde não há cobertura do Programa de Saúde da Família (PSF) ou de Unidades Básicas de Saúde -, nos cruzamentos das bases de dados, atualizadas constantemente, e nas visitas às famílias que não procuraram os postos. A secretaria trabalha com georreferenciamento de bairros. “Assim, a equipe sabe quantas famílias têm em cada bairro para atendimento”, explica Iraci Oliveira, que também é titular da Secretaria de Gestão Participativa e Cidadania.

Na metade do período de monitoramento da saúde, ou seja, após três meses da abertura do sistema, a equipe de Boa Vista verifica a quantidade de famílias que já passaram pelo acompanhamento e inicia visitas àquelas que não foram monitoradas. As técnicas sempre destacam a importância do processo para a melhoria da saúde da família e também para cump rir o compromisso com o Bolsa Família. A Secretaria Municipal de Saúde criou o Expresso Saúde nas modalidades urbana, rural e indígena, conseguindo chegar a locais de difícil acesso. A gestão do Bolsa Família de Boa Vista trabalha de forma integrada aos setores de educação, saúde e assistência social.

Além da condicionalidade de saúde, os beneficiários do Bolsa Família precisam manter os filhos na escola. Alunos de 6 aos 15 anos devem frequentar o mínimo de 85% das aulas e os de 16 e 17 anos pelo menos 75%. O MDS transfere mensalmente cerca de R$ 1,2 bilhão a 12,8 milhões de famílias. Os valores variam entre R$ 22,00 e R$ 200,00 de acordo com o perfil econômico e a quantidade de filhos de até 17 anos.

Fonte: Roseli Garcia


 

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç