Porto Velho (RO) quinta-feira, 21 de junho de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Biscaia defende que Vedoin perca o benefício da delação


Evandro Eboli - Agência O GloboBRASÍLIA - O presidente da CPI dos Sanguessugas, deputado Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ), defendeu nesta quarta-feira que o empresário Luiz Antônio Vedoin seja advertido pelo juiz federal Jefferson Schneider, de Mato Grosso, para que pare de dar entrevistas, ou relate tudo o que sabe à Justiça. O deputado defende até que, se necessário, seja suspenso o benefício da delação premiada, que permite redução de pena em troca de informações.- Vedoin não pode, a cada momento, apresentar fatos novos depois de ter prestado depoimento à Justiça. Defendo que ele seja advertido e que seja dito a ele que já teve oportunidade de dizer tudo e que entregue todos os documentos à Justiça. Do contrário, ele deve perder o direito da delação premiada e ser julgado normalmente pela Justiça. Não é possível ficar dando declarações a cada fim de semana - disse Biscaia.

Mais Sobre Política - Nacional

 Mariana Carvalho comemora lei que permite inclusão dos servidores de ex – territórios nos quadros da União

Mariana Carvalho comemora lei que permite inclusão dos servidores de ex – territórios nos quadros da União

Cerca de 3 mil aposentados e pensionistas, além de 800 servidores que passaram em concurso antes da mudança de território em Rondônia serão inclusos n

PML: crianças brasileiras são enjauladas nos EUA e Temer se cala

PML: crianças brasileiras são enjauladas nos EUA e Temer se cala

 TV 247- O programa Boa Noite 247 desta quarta-feira (20) destacou a absolvição da presidenta do PT, a senadora Gleisi Hoffmann, e a política de imigr

Tarifa de ônibus sobe para R$ 3,95 na cidade do Rio

A tarifa de ônibus urbano da cidade do Rio de Janeiro subiu hoje (21) de R$ 3,60 para R$ 3,95. O aumento foi autorizado na terça-feira (19) pela dese

Temer vai tirar R$1 bilhão do Fies, da Cruz Vermelha, das Apaes e das Santas Casas

Temer vai tirar R$1 bilhão do Fies, da Cruz Vermelha, das Apaes e das Santas Casas

Medida provisória prevê retirar recursos das loterias federais para o FNSP (Fundo Nacional da Segurança Pública); quem amargará o prejuízo será o Fies