Porto Velho (RO) quinta-feira, 25 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Biscaia defende que Vedoin perca o benefício da delação


Evandro Eboli - Agência O GloboBRASÍLIA - O presidente da CPI dos Sanguessugas, deputado Antônio Carlos Biscaia (PT-RJ), defendeu nesta quarta-feira que o empresário Luiz Antônio Vedoin seja advertido pelo juiz federal Jefferson Schneider, de Mato Grosso, para que pare de dar entrevistas, ou relate tudo o que sabe à Justiça. O deputado defende até que, se necessário, seja suspenso o benefício da delação premiada, que permite redução de pena em troca de informações.- Vedoin não pode, a cada momento, apresentar fatos novos depois de ter prestado depoimento à Justiça. Defendo que ele seja advertido e que seja dito a ele que já teve oportunidade de dizer tudo e que entregue todos os documentos à Justiça. Do contrário, ele deve perder o direito da delação premiada e ser julgado normalmente pela Justiça. Não é possível ficar dando declarações a cada fim de semana - disse Biscaia.

Mais Sobre Política - Nacional

Presidente Jair Bolsonaro extingue horário de verão

Presidente Jair Bolsonaro extingue horário de verão

O Brasil não adotará mais o horário de verão a partir deste ano. O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje (25) decreto que extingue a medida, em cerim

Senador Marcos Rogério sugere o afastamento cautelar de diretor-geral da ANTT

Senador Marcos Rogério sugere o afastamento cautelar de diretor-geral da ANTT

Na manhã desta terça-feira, durante a abertura da reunião da Comissão de Infraestrutura, o senador Marcos Rogério sugeriu o afastamento cautelar do

Cultura: Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão, diz Jair Bolsonaro

Cultura: Contratos de patrocínio da Petrobras passam por revisão, diz Jair Bolsonaro

O governo federal determinou a revisão dos contratos da Petrobras que estão em vigor para patrocínios ligados ao setor de cultura. Em publicação hoje 

Decreto de Jair Bolsonaro extingue centenas de canais de participação social em políticas públicas

Decreto de Jair Bolsonaro extingue centenas de canais de participação social em políticas públicas

No pacote divulgado ontem (11) para marcar os 100 dias de governo, o presidente Jair Bolsonaro assinou o Decreto 9.759, que pretende diminuir de 700 p