Porto Velho (RO) sexta-feira, 16 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Bastos: tentativa de venda de dossiê está 'praticamente esclarecido'


Agência O GloboRIO - O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, afirmou nesta sexta-feira, que considera "praticamente esclarecido" o caso da tentativa de venda de um dossiê que poderia envolver políticos do PSDB com a compra superfaturada de ambulâncias com recursos do orçamento. Segundo o ministro, a autoria já foi desvendada.- Se não fosse o trabalho da Policia Federal, abortando a compra do dossiê, [o episódio] teria fica sem explicação o resto da vida - disse.Bastos disse, no entanto, que não é possível afirmar se o caso será encerrado antes das eleições:- Não se pode condicionar o tempo de uma investigação policial à lógica e ao tempo de uma campanha eleitoral.Sobre o indiciamento dos responsáveis, o ministro afirmou que eles, provavelmente, serão enquadrados no crime de lavagem de dinheiro. O ministro lembrou que três dos acusados estão prestando depoimento na Polícia Federal e no Ministério Público em Brasília.O ministro reafirmou ainda que, para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o esclarecimento dos fatos é uma questão de honra. Bastos participou, no Rio, do encerramento da 65ª Assembléia Geral da Interpol. Ele fez as declarações à saída do evento, que foi fechado à imprensa.

Mais Sobre Política - Nacional

 JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

JUSTIÇA SUÍÇA APONTA R$ 43,2 MILHÕES EM FINANCIAMENTO ILEGAL DE SERRA

Dinheiro para financiar a campanha presidencial do PSDB

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

Jair Bolsonaro diz que programa Mais Médicos não será suspenso

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse ontem (14) que manterá o programa Mais Médicos e vai substituir os cerca de 8.500 profissionais cubanos p

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

JUÍZA SUBSTITUTA DE MORO NEGA PEDIDO DE LULA PARA SER INTERROGADO DE NOVO

A juíza federal substituta Gabriela Hardt negou, nesta terça-feira (13), o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que ele