Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Aventureiros admitem erro em expedição na Amazônia


Agência O GloboRIO - Era para ser uma expedição, uma aventura na Floresta Amazônica. Mas um erro de cálculo deixou um grupo de cinco pessoas perdido na mata. Após 36 horas de buscas, a polícia encontrou nesta terça-feira três dos cinco aventureiros. A procura aos outros dois continua na manhã desta quarta-feira.Cansados e abatidos, o cônsul da Holanda no Amazonas, Ilko Minev, Francisco Maguila e França Bandeira comemoraram o primeiro encontro com a família e os amigos. O grupo saiu para um passeio de aventura pelo Rio Preto, entre Manaus e Rio Preto da Eva, mas não conseguiu seguir viagem.- Muita mata derrubada, muito pau, não tem nada. Pouca água e muita madeira derrubada dentro da água. A gente teve que nadar porque ninguém conseguia transpor barcos. Quando o helicóptero nos encontrou, a sensação foi de imenso alívio - disse o gerente França Bandeira. Ilko Minev é experiente neste tipo de passeio, mas admitiu que houve um erro no planejamento da expedição.- Nós fizemos um esforço. Vamos dizer que houve alguma falta de informação para a gente que causou um acidente. Desta vez, realmente, nós erramos - afirmou o cônsul.Os dois integrantes do grupo que estavam em melhores condições físicas decidiram descer o rio de caiaque para tentar pedir socorro. Denis Minev, filho de Ilko, e Ricardo Levi, gerente de uma das lojas Bemol, a maior rede de lojas de departamento de Manaus, que pertence à família do cônsul, ainda não foram encontrados.Especialistas em resgate na floresta e trilheiros da região alertam que partir para aventuras na floresta amazônica exige cuidados especiais. Gerson Frota faz trilhas na região há 10 anos, e conhece as dicas.- Um telefone é bom, um GPS é bom, mas nada é melhor do que uma pessoa que conheça a região, um matreiro que está acostumado a andar naquela região - recomenda o trilheiro.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que