Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Aventureiros admitem erro em expedição na Amazônia


Agência O GloboRIO - Era para ser uma expedição, uma aventura na Floresta Amazônica. Mas um erro de cálculo deixou um grupo de cinco pessoas perdido na mata. Após 36 horas de buscas, a polícia encontrou nesta terça-feira três dos cinco aventureiros. A procura aos outros dois continua na manhã desta quarta-feira.Cansados e abatidos, o cônsul da Holanda no Amazonas, Ilko Minev, Francisco Maguila e França Bandeira comemoraram o primeiro encontro com a família e os amigos. O grupo saiu para um passeio de aventura pelo Rio Preto, entre Manaus e Rio Preto da Eva, mas não conseguiu seguir viagem.- Muita mata derrubada, muito pau, não tem nada. Pouca água e muita madeira derrubada dentro da água. A gente teve que nadar porque ninguém conseguia transpor barcos. Quando o helicóptero nos encontrou, a sensação foi de imenso alívio - disse o gerente França Bandeira. Ilko Minev é experiente neste tipo de passeio, mas admitiu que houve um erro no planejamento da expedição.- Nós fizemos um esforço. Vamos dizer que houve alguma falta de informação para a gente que causou um acidente. Desta vez, realmente, nós erramos - afirmou o cônsul.Os dois integrantes do grupo que estavam em melhores condições físicas decidiram descer o rio de caiaque para tentar pedir socorro. Denis Minev, filho de Ilko, e Ricardo Levi, gerente de uma das lojas Bemol, a maior rede de lojas de departamento de Manaus, que pertence à família do cônsul, ainda não foram encontrados.Especialistas em resgate na floresta e trilheiros da região alertam que partir para aventuras na floresta amazônica exige cuidados especiais. Gerson Frota faz trilhas na região há 10 anos, e conhece as dicas.- Um telefone é bom, um GPS é bom, mas nada é melhor do que uma pessoa que conheça a região, um matreiro que está acostumado a andar naquela região - recomenda o trilheiro.

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a