Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Assembléia de credores da Vasp aprova plano de recuperação


Agência O GloboRIO - A VASP anunciou que está se preparando para voltar a voar. A quarta reunião da assembléia de credores, realizada na sede da empresa em São Paulo com presença de 300 participantes, aprovou o plano de recuperação da companhia. A diretoria interventora nomeada pela Justiça do Trabalho - presidente Raul de Medeiros e diretores João Losasso e Roberto de Castro - foram referendados pela assembléia como responsáveis pela recuperação da empresa.A empresa suspendeu suas operações no início de 2005, quando o juiz da 14a Vara da Justiça do Trabalho de São Paulo decidiu intervir na empresa.O plano de recuperação da empresa previa a VASP operacional e outra constituída por fundos de investimentos e participações (FIP's), aos quais seriam transferidos os ativos da empresa. Os credores poderiam trocar suas dívidas por cotas destes fundos, que incluirão ativos como aviões, imóveis, equipamentos terrestres e eventuais créditos obtidos na Justiça.Na assembléia de ontem foi aberta mais uma possibilidade aos credores: os que não quiserem aderir aos FIP's poderão optar pelo recebimento dos créditos em dinheiro. Esta nova proposta, que atende a restrições legais da principal credora da VASP, a Infraero, prevê a amortização da dívida em quinze anos: cinco anos de carência, a contar a partir da data do início das operações da Vasp, e dez anos para pagamento do montante da dívida em parcelas semestrais, corrigidas pelo INPC/FGV e com juros de 2,5% ao ano. Todos os credores têm agora 30 dias para optar por esta nova alternativa de recebimento de seus créditos; caso contrário, deverão escolher os FIP's de sua preferência.O próximo passo é a homologação judicial da assembléia.- Foi apresentado aos credores o mesmo plano da última Assembléia com pequenas alterações. Agora, aprovado, é debruçar sobre a constituição dos fundos para equacionar as dívidas e obter o certificado de operação. Pretendemos voltar a voar daqui a 8 ou 10 meses - diz Raul de Medeiros, presidente interventor.Estudo encomendado pela VASP calcula o patrimônio da empresa em torno de R$ 6,5 bilhões, com dívidas de R$ 5 bilhões . Segundo Raul de Medeiros, o patrimônio líquido da Vasp é positivo e a companhia tem ativos suficientes para saldar suas dívidas. A VASP conta atualmente com 380 funcionários, a maioria na área técnica, já prestando serviços de manutenção a outras empresas.

Mais Sobre Política - Nacional

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que