Porto Velho (RO) quarta-feira, 18 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Arthur Virgílio: Carta de compromissos de Tião Viana 'exige reflexão' e PSDB adia decisão



O líder do PSDB, senador Arthur Virgílio (AM), afirmou na noite desta quarta-feira (28) que decidiu adiar, "até lá para domingo ou até mesmo segunda", a decisão sobre quem a bancada do partido irá apoiar para a Presidência do Senado - o senador Tião Viana (PT-AC) ou o senador José Sarney (PMDB-AP). Ele fez o comunicado à imprensa depois de receber carta de Tião Viana, na qual o petista assume compromissos sobre 12 pontos apresentados pelo PSDB.

- É uma carta forte de compromissos, que exige reflexão. Vamos reunir novamente a bancada para discutir nossa posição - sustentou Virgílio, ao lado do presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra.

Questionado por repórteres, os dois negaram com veemência que a decisão do partido, prometida para esta quarta-feira (28), esteja sendo adiada por falta de acordo no preenchimento de cargos nas comissões e na Mesa da Casa. Ao comentar uma nota que o senador Alvaro Dias (PSDB-PR) colocou em seu blog, na Internet, onde afirmou, na tarde desta quarta-feira, que a bancada teria decidido pela manhã votar em José Sarney, Sérgio Guerra afirmou que o senador paranaense tem posição pró-Sarney. A nota foi retirada do blog no final do dia.

Arthur Virgílio afirmou que seu partido defende que a presidência da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) fique com o senador peessedebista Eduardo Azeredo (MG). Interrogado sobre nota de uma agência de notícias, segundo a qual o PTB defende a indicação do senador licenciado Fernando Collor (AL) para essa comissão, Virgílio observou que seu partido "é a terceira bancada do Senado" e tem o direito, "se quiser", de indicar nome para a CRE.

Fonte: Eli Teixeira / Agência Senado

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç