Porto Velho (RO) terça-feira, 20 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Aposentados convocados em abril e maio devem atualizar dados até hoje


Agência Brasil

Aposentados e pensionistas chamados a partir de abril e maio para o Censo Previdenciário tem até hoje (8) para atualizar seus dados. Caso não o façam, terão o pagamento suspenso em outubro. A atualização do cadastro tem o objetivo de combater fraudes e acabar com pagamentos indevidos.

De acordo com Ministério da Previdência Social, 283 mil pessoas estão nessa situação. Os dados podem ser atualizados na própria agência bancária onde o beneficiário recebe o pagamento.

Para participar do censo, são exigidos o CPF e um documento de identificação com foto, que pode ser a carteira de Identidade, de Trabalho ou de Habilitação. O aposentado ou pensionista deve levar também  um comprovante de residência e o Número de Inscrição do Trabalhador (NIT).

A segunda etapa do Censo Previdenciário começou em abril e prossegue até janeiro de 2007. Foram convocados 14,7 milhões de aposentados e pensionistas. Até 30 de agosto, 8,5 milhões de convocados para essa fase já haviam atualizado os dados cadastrais.


 

Mais Sobre Política - Nacional

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

Sergio Moro escolhe delegados da Lava Jato para PF e departamento do MJ

O juiz federal Sergio Moro, que assumirá o Ministério da Justiça no próximo governo, confirmou hoje (20) os nomes dos delegados Maurício Valeixo pa

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

Paulo Guedes quer secretaria de privatizações para acelerar a venda de ativos

O futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende criar uma Secretaria de Privatizações no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) par

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Haddad vira réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

É a primeira vez que o petista se torna réu em ação criminal

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

O presidente eleito Jair Bolsonaro diz que soberania e leis do Brasil devem ser respeitadas

Em meio a reações como a do governo cubano que decidiu suspender a parceira com o Programa Mais Médicos, o presidente eleito Jair Bolsonaro voltou a