Porto Velho (RO) segunda-feira, 4 de julho de 2022
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Após votar, Jader Barbalho ironiza Ficha Limpa e critica STF



Ainda inconformado com o impedimento de sua eleição ao cargo de senador do Pará, barrada pela lei da Ficha Limpa, Jader Barbalho (PMDB) publicou um comunicado em seu site pessoal, no qual explicita sua indignação com a decisão do Supremo Tribunal Federal e ironiza o cenário, enaltecendo sua popularidade no Estado em que se candidatou. "Tenho obrigação moral, politica e afetuosa com o povo do Pará e com os 1,8 milhão de paraenses que votaram em mim (a emenda popular que originou a lei da ficha limpa teve 1,3 milhão de assinaturas em todo o Brasil)", escreveu.

Barbalho disse também que a decisão do STF não levou em consideração a vontade do povo paraense e que tem recebido o apoio de pessoas que não votaram nele na última eleição para o cargo. "Devo lembrar ao povo do Pará - tenho recebido solidariedade até de quem não votou em mim - que o nosso Estado foi, mais uma vez, duramente atingido e nós não vamos nos calar e fazer de conta que nada temos com isto: nenhum dos ministros do STF que votou pela minha cassação se importou com a vontade dos paraenses", disse.

Mesmo sendo impedido de assumir o cargo de Senador de seu Estado, o ex-candidato promete não abandonar sua carreira política e adiantou seu retorno à administração pública. "Tenho a obrigação de prestar contas, de como estou e como me sinto ao povo do Pará, que me elegeu apesar de toda calúnia, destilada ao longo do tempo e que me consagrou mais uma vez nas urnas. É pelo Pará que continuo na luta. É do julgamento do povo do meu Estado que vem o meu conforto e alegria maior. Este julgamento ninguém e nem tribunal algum conseguirá cassar. Sou muito querido, muito votado e o eleito do povo do Pará. O resto é irrelevante. Continuarei minha luta junto aos tribunais, porque acredito na prevalência dos bons. Acredito na aplicação do direito e no respeito à Constituição Federal", publicou.

Os eleitores vão às urnas neste domingo escolher o próximo presidente da República. Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) disputam a preferência dos brasileiros. Em alguns Estados, a população votará também para escolher o próximo governador. São eles: Amapá, Rondônia, Roraima, Paraíba, Piauí, Pará e Alagoas. O mesmo acontece no Distrito Federal.

 Fonte: Portal Terra
 

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu