Porto Velho (RO) domingo, 22 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Apagão atinge os estados do RJ e ES


Blecaute ocorreu por falha na linha de transmissão. Até hospitais sofreram com a falta de energia

Parte do estado do Rio de Janeiro e todo o Espírito Santo ficou no escuro na noite de quarta-feira (26). O motivo foi um blecaute que ocorreu em conseqüência de uma falha em duas linhas de transmissão das Centrais Elétricas Furnas, que ligam as cidades cariocas de Macaé e Campos.

Segundo o presidente do Operador Nacional do Sistema Elétrico (O.N.S), Hermes Chipp, o problema pode ser resolvido até a tarde desta quinta-feira (27). Em entrevista ao site O Globo Online, ele afirmou que o problema foi causado por ventos fortes na região. "Talvez tenha sido descarga atmosférica", explicou Chipp.

Para o deputado federal Moreira Mendes (PPS-RO), que acompanha de perto os problemas causados pela falta de infrat estrutura energética no País, o que falta é investimento para que sejam impedidos problemas como os que estão acontecendo nesses estados. "O Governo Federal sabe da gravidade do que pode acontecer e não faz nada. O problema nas linhas de transmissão é apenas o início, algo tem de ser feito e logo", disse.

Já o diretor-presidente da Associação Nacional dos Consumidores de Energia (Anace), Paulo Mayon, pensa diferente do parlamentar. Ele atribuiu o apagão a um problema pontual.  "Não se deve confundir este tipo de ocorrência com as perspectivas de escassez de energia nem com falta de investimentos em infra-estrutura de transmissão".

Segundo ele, os reforços realizados nos últimos anos nas linhas de transmissão foram bastante robustos, o que normalmente evitaria este tipo de evento. "As tarifas de energia de forma geral vêm aumentando bastante por conta justamente destes investimentos."

O Espírito Santo ficou no escuro no horário de pico e as pessoas tiveram de esperar mais de uma hora para chegar em casa. Segundo o jornal "Bom Dia Brasil", da Rede Globo, hospitais e comércios ficaram à luz de velas. O principal hospital de Vitória não pode contar com os geradores de energia e os parentes das pessoas internadas tiveram de ficar do lado de fora.

Em tom alarmista, Mendes disse ainda que o governo só costuma tomar providências nesses casos depois que acontecem eventos negativos.. "Alguma coisa de muito ruim ainda vai ter de acontecer para que o governo comece a se interessar. Será que se houver mortes, ele compreende melhor? Não é possível que teremos de chegar nesse extremo".

Falta de chuva - O ex-ministro de Minas e Energia  José Jorge Vasconcelos que comandou a pasta durante parte do mandado de Fernando Henrique Cardoso,  garantiu que, além de investimentos na infra-estrutura, é preciso que a natureza ajude com chuva. "Os reservatórios estão tranqüilos para 2008, mas se não chover ano que vem até 2009 poderemos enfrentar mais um racionamento de energia", explicou José Jorge, que atualmente preside a Companhia Energética de Brasília.

Estudantes - O movimento estudantil de Porto Velho (RO) é um bom exemplo de que a sociedade civil não está passiva aos problemas do País. Essa afirmação é do deputado Moreira Mendes. Segundo ele, não apenas a sociedade, mas toda população rondoniense tem de ir para as ruas e exigir a construção de grandes obras no Estado.

O movimento Pró-Gasoduto Urucu-Porto Velho organizado pelos representantes de entidades estudantis de Rondônia está mobilizando toda capital. O presidente da União Estadual Rondoniense dos Estudantes Secundaristas (Ueres), Israel Trindade Lourenço, garantiu que o que estiver ao alcance dos estudantes será feito.

"Nosso trunfo é ir para as ruas, pintas o rosto e reivindicar, isso já está sendo feito e vai continuar até que alguma resposta plausível seja dada", garantiu, ao lembrar que não adianta a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rouseff, dizer que não há gás suficiente na bacia de Urucu. "É inacreditável. Não consigo entender de onde ela tira isso. Já foi provado que temos gás", disse.

Fonte: Mayasmin

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç