Porto Velho (RO) segunda-feira, 10 de agosto de 2020
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Anvisa determina recolhimento de anestésicos


Agência O Globo BRASÍLIA - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta quinta-feira o recolhimento de todos os lotes dos anestésicos Lidostesim 3% (Cloridrato de Lidocaína a 3% + Norepinefrina 1:50000) e Lidostesina (Cloridrato de Lidocaína a 2% + Norepinefrina 1:100000), produzidos pela Probem Laboratório e Produtos Farmacêuticos e Odontológicos S/A. A empresa deve fazer o recolhimento do produto no prazo máximo de 120 dias. No dia 27 de novembro, a Anvisa já havia suspendido todos os lotes dos anestésicos. A medida foi adotada depois que a agência recebeu uma série de notificações sobre a ocorrência de eventos adversos relacionados ao uso dos medicamentos. Náusea, dor de cabeça, tontura e vômito foram algumas das reações notificadas pelos pacientes medicados com os anestésicos, nos estados de Goiás, Paraná, Mato Grosso do Sul e Bahia.

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu