Porto Velho (RO) quarta-feira, 11 de dezembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Anunciada Ferrovia


Ferrovia Manaus-Porto Velho pode ser viabilizada. A organização não governamental (ONG) Greenpeace e grande parte dos cientistas do Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (Inpa) viram confirmada na semana que passou a possibilidade de construção da ferrovia Manaus-Porto Velho. Isso porque  ficou decidido, após o acordo entre o Governo do Estado e representantes do movimento ambientalista brasileiro, além de cientistas, que a Fundação Getulio Vargas (FGV) irá criar um grupo de trabalho (GT) para avaliar os impactos da obra. Com a ação, o Executivo amazonense afirma a preferência pelas ferrovias na Amazônia, em vez da abertura de estradas, no que tange aos caminhos para o desenvolvimento sustentável da floresta.

A proposta havia sido ventilada no fim de maio, antes da repercussão da Lei de Mudanças Climáticas e do Sistema Estadual de Unidades de Conservação (Seuc) e já tinha sido destacada pela mídia local. "O Estado planeja a integração com outros territórios por meio da ferrovia, a partir do potencial turístico e do viés de não agressão ao meio ambiente que a atividade pode ter", disse o governador Eduardo Braga, acerca do projeto. Todavia, a declaração ocorreu duas semanas antes de ter sido formalizada a idéia de levantar subsídios sobre a viabilidade do projeto de construção da ferrovia Manaus-Porto Velho.

Logo após a afirmativa do governo, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) começou a estudar a possibilidade de abertura de crédito para o projeto. Sobretudo porque a Lei de Mudanças Climáticas define em grande parte de seus artigos a criação de "mecanismos para investimento do Estado, das empresas e da sociedade em geral em projetos que privilegiam as boas práticas ambientais, beneficiam a sociedade". Ou seja, o governo federal teria parte da responsabilidade de ajudar financeiramente a iniciativa. Amanhã, começam a ser estudadas as metodologias para a aplicação do levantamento, por parte da FGV. A expectativa é que até o final do terceiro trimestre deste ano a ação tenha sido iniciada.

Fonte: O NORTÃO - Renan Albuquerque

Mais Sobre Política - Nacional

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

Jaqueline Cassol cobra votação da MP que garante Revalida

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) cobrou do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ) a votação, antes que encerre o prazo, da Medida Provisórias cri

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Supremo Tribunal Federal mantém decisão que proíbe gestantes em atividade insalubre

Por unanimidade e em ambiente virtual, o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) e manteve a decisão, tomada

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Boa notícia: Lula dará ao velho amigo 1ª entrevista fora da prisão

Neste ano e meio que ele está preso, não tive condições de viajar a Curitiba e fiquei esperando o amigo sair da prisão para poder falar com ele, certo

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

Para Marcos Rogério, Sínodo da Amazônia não pode ser uma reunião política e ideológica

O senador Marcos Rogério (DEM-RO) pediu nesta segunda-feira (14/10) cautela aos participantes do Sínodo da Amazônia, realizado no Vaticano. Para o p