Porto Velho (RO) domingo, 19 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Antropólogo diz que falta de terras provoca desnutrição em aldeias do MS


Paulo Yafusso - Agência O GloboCAMPO GRANDE - A solução para os problemas sociais que atingem os índios da reserva de Dourados (cidade a 220 quilômetros ao sul de Campo Grande), como as mortes de crianças por desnutrição, o alcoolismo, uso de drogas e os suicídios, está na ampliação do território, na avaliação do antropólogo Antonio Brand, que trabalha com os guarani-caiuás de Mato Grosso do Sul desde 1978. Só neste ano sete crianças da reserva morreram por desnutrição ou depois que tiveram a saúde agravada por deficiência nutricional. Na reserva indígena de Dourados vivem 12.500 índios, numa área de 3.500 hectares.- Todo mundo sabe que o problema está no confinamento a que os índios foram colocados e que a solução está na ampliação dos territórios indígenas. Muitos exploraram politicamente isso e agora tá na hora do governo tomar vergonha e cumprir o que manda a Constituição Federal, que deu prazo de cinco anos para isso - afirmou Brand.Para ele, o maior culpado é o governo, que não toma nenhuma atitude para cumprir o que determina a Constituição e quando age as ações são assistenciais e pontuais, como ocorreu em 2004, quando a morte dos indiozinhos por desnutrição foi denunciada para o mundo inteiro e o governo começou a distribuir cestas básicas de alimentos todos os meses aos índios. No próximo dia 23, a Câmara de Vereadores de Dourados realiza uma audiência pública para discutir esse problema.

Mais Sobre Política - Nacional

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

Do Pato Donald ao caos financeiro, Abril fecha revistas, demite 800 e entra em decadência

BLOG NOCAUTECom informações do Poder 360A Editora Abril, que já foi a maior do Brasil, acumulou dívidas de cerca de R$ 1,6 bilhão. Só na semana passad

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

Engenharia do caos: 27 milhões sem trabalho

O jornalista e escritor Palmério Dória denuncia em seu Twitter o cinismo escancarado do Grupo Globo em omitir o que ele chama de 'engenharia do caos';

 Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

Moro age como se fosse autoridade superior, diz Favreto no CNJ

O desembargador do TRF-4 Rogério Fraveto, que em 8 de julho determinou a soltura do ex-presidente Lula, decisão que não foi cumprida, disse, em sua de

Grupo Abril pede recuperação judicial

Grupo Abril pede recuperação judicial

O grupo Abril entrou com um pedido recuperação judicial nesta quarta-feira (15); plano de recuperação judicial será mostrado aos credores em até 60 di