Porto Velho (RO) sábado, 21 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Angiologistas e cirurgiões vasculares remuneração



Angiologistas e cirurgiões vasculares lançam campanha para cobrar remuneração mínima

Paulo Virgílio

Agência Brasil,
Rio de Janeiro – A Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV) lança, a partir do dia 1º de dezembro, uma campanha nacional para cobrar aumento na remuneração paga pelas operadoras de saúde. Os profissionais médicos querem o cumprimento da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM), em vigor desde o dia 15 de outubro. Com o início da campanha, a sociedade dará prazo de 60 dias para uma resposta das operadoras – convênios, cooperativas, seguro saúde e planos de saúde privados. Caso não receba uma resposta, a entidade admite a possibilidade de greve entre médicos angiologistas e cirurgiões vasculares.

“Nós estamos com uma defasagem nos últimos anos de 156%, quando se relaciona nossos honorários com o aumento cobrado dos usuários pelos planos de saúde”, afirma o presidente da SBACV, Guilherme Pitta. Segundo ele, o valor médio pago pelas operadoras por uma consulta no país é menor que R$ 40. Eles reivindicam que essa remuneração chegue a, no mínimo, R$ 52.

De acordo com Pitta, a Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) é um padrão que está em vigor por determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). “A CBHPM representa o parâmetro mínimo de remuneração médica recomendado pelo Conselho Federal de Medicina e pela Associação Médica Brasileira”, diz.

A finalidade da CBHPM é ser um padrão para o pagamento de serviços de saúde por parte das operadoras. No entanto, a ANS não tornou os valores obrigatórios e deixou a cargo das empresas a negociação da remuneração paga aos médicos.

Os angiologistas e cirurgiões vasculares também decidiram parar de realizar a escleroterapia (tratamento secativo de varizes) com cobertura das operadoras de saúde. De acordo com Guilherme Pitta, “a lei dos planos de saúde exclui a cobertura de procedimentos estéticos, portanto, os cirurgiões vasculares não mais realizarão a escleroterapia pelo plano”.

A decisão de lançar a campanha foi tomada durante reuniões que discutiram as relações entre planos de saúde e especialistas, nos meses de maio e junho deste ano, nas 24 regionais da sociedade.


 

Mais Sobre Política - Nacional

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

Governo Federal retoma projeto para erguer hidrelétricas no Norte

 Há pelo menos seis anos, setores do governo brasileiro estudam construir quatro grandes hidrelétricas, duas delas na Região Norte, uma delas em Rondô

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

Violência doméstica e familiar: agressor será obrigado a pagar todos os custos de serviços de saúde

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta segunda-feira o PL 2438/19 de autoria da deputada Mariana Carvalho (RO) e do deputado Rafael Motta que

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Justiça partidária condena PT em Curitiba e blinda PSDB em São Paulo

Implacável para condenar lideranças do PT na República de Curitiba, a Justiça brasileira não mostra o mesmo furor para investigar e julgar os tucanões

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

FGTS: Anúncio sobre saques fica para a próxima semana, diz Onyx

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, afirmou que o anúncio da liberação de saques das contas ativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviç