Porto Velho (RO) quarta-feira, 4 de agosto de 2021
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Amazônia carente de jovens doutores


Renan Albuquerque

O Brasil forma cerca de 12 mil doutores por ano. Todavia, na Região Norte atuam somente 2,6 mil profissionais desse porte, sendo que metade dos doutores nortistas possui mais de 50 anos de idade. O que significa dizer, segundo o diretor do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), Adalberto Val, que a questão da formação intelectual deve ser vista com seriedade e urgência.

“Não se defende a Amazônia com preservação, se defende com conhecimento”, é o que corriqueiramente afirma Val em suas palestras sobre o problema. Inclusive na Assembléia Legislativa do Estado (ALE) o indicativo já foi destaque.

A frase ilustra bem a dimensão da necessidade da formação intelectual na Região Norte. Sobretudo no que concerne ao futuro da pesquisa na região, levando-se em conta que metade dos cientistas hoje em atividade na Amazônia tem mais de 50 anos, conforme Val.  

Atualmente, a temática da formação vem sendo discutida com afinco, sobretudo por cientistas que atuam no Inpa e na Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Além disso, no mais recente encontro entre o secretário de Ciência e Tecnologia do Amazonas (Sect), José Aldemir, e o diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), Odenildo Sena (foto), na 59ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, há 12 dias, em Belém (PA), o tema também veio à tona.

E a conclusão é uma só das quatro partes mais envolvidas na questão. É necessário implementar parcerias do Estado do Amazonas com o governo federal para fortalecer as propostas de formação de doutores na Região Norte.

Por seu turno, a Sect está buscando fortalecer a Semana de Ciência & Tecnologia para concretizar parcerias a curto e médio prazos. Além disso, propostas de incentivo a atividades conjuntas estão sendo geridas, segundo dados oficiais da secretaria, disponíveis no site http://www.sect.am.gov.br/.

Pelo lado da Fapeam, órgão que integra a Sect, a Fundação tem investido mais de R$ 12 milhões/ano, desde 2005, em diversos programas de fomento ao desenvolvimento de ciência e tecnologia no Amazonas. Institutições como Ufam, Inpa, Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e Fundação de Hemoterapia do Amazonas (FHemoan) são algumas das beneficiadas com os editais de concorrência pública.

Além disso, o Inpa mantém seus programas de pós-graduação (mestrado e doutorado), bem como a Ufam. Todavia, esses esforços não estão sendo suficientes para fixar os jovens doutores na Amazônia. Muito deles acabam sendo contratados para trabalhar em outras regiões do Brasil, segundo enfatizou o diretor do Inpa.

“A Fapeam tem um papel muito importante e para o Estado é um alto negócio ter a Fundação”, ponderou Val, ressaltando mais uma vez a necessidade de auxílio à formação, que segundo ele, tem norteado a política de C&T no Amazonas.

Dados do Norte
O Norte concentra apenas 1,7% de pesquisadores e 1,5% de doutores do país. O mesmo percentual é constatado quando se considera a distribuição regional dos cursos de pós-graduação.

Neste caso, o Norte reúne 1,9% do total dos cursos credenciados pelo Ministério da Educação (MEC).

Os dados são da ABC (Academia Brasileira de Ciências).

Fonte: Amazonas em tempo

Mais Sobre Política - Nacional

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

Mariana Carvalho defende novas medidas aprovadas pelo Congresso no enfrentamento à Covid-19

A deputada federal Mariana Carvalho (PSDB-RO) defendeu nesta quinta-feira (2) as medidas que estão sendo aprovadas pela Câmara e pelo Senado no

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

Relator revisor da MP 924 - Coronavírus, Dep Lucio Mosquini destaca liberação de 5 Bilhões para enfrentamento da crise na saúde

O deputado federal Lucio Mosquini é o relator revisor da MP 924/2020, conhecida como MP do Enfrentamento do coronavírus. O Senador Eduardo Gomes també

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Deputados federais apresentam no STF pedido de impeachment do ministro Weintraub

Rede Brasil Atual - Deputados da oposição anunciaram hoje (5) que vão apresentar denúncia no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o ministro da Edu