Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política - Nacional

Aldo, Chinaglia e Fruet lutam por votos de 140 deputados indecisos


Adriana Vasconcelos e Isabel Braga - Agência O GloboBRASÍLIA - Na reta final da campanha, os três candidatos à presidência da Câmara - Arlindo Chinaglia (PT-SP), Aldo Rebelo (PCdoB-SP) e Gustavo Fruet (PSDB-PR) - vão investir num grupo de cerca de 140 deputados que ainda estariam indecisos ou já mudaram de lado mais de uma vez nas últimas semanas. Na fase da guerra de números, em cada quartel-general os coordenadores fazem e refazem contatos e admitem a dificuldade de vencer em primeiro turno. Chinaglia, o mais otimista, ainda não descarta a hipótese.Os aliados de Aldo apostam que ele irá ao segundo turno, pois detém cerca de 200 votos contra 210/230 de Chinaglia. Fruet, pelas contas de seus aliados e adversários, teria por volta de 100/110 votos. Os petistas contam com 60 dos 90 votos do PMDB. Para os aliados de Aldo, é metade para cada um. No PP, a candidatura Aldo acredita ter entre 17 e 20 votos, dos 41. Os petistas contabilizam pelo menos 25 votos.Na melhor das hipóteses, eles terão direito a fazer duas indicações na equipe de Lula, espaço muito pequeno para abrigar uma lista de quase 15 aspirantes a ministro. Aldo está se aproveitado da indefinição do presidente sobre a reforma ministerial para investir na bancada peemedebista.

Mais Sobre Política - Nacional

Jair Bolsanaro assina decreto e  pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

Jair Bolsanaro assina decreto e pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo

A partir do decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro hoje (15), no Palácio do Planalto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão compra

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

O filho de Hamilton Mourão e o irmão de José Alencar: dois casos exemplares

São casos exemplares que demonstram comportamentos opostos dos governos

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

Governo de Bolsanaro vai fazer pente fino em 2 milhões de benefícios do INSS

O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregul

Jair Bolsonaro confirma revogação da adesão ao Pacto Global para Migração

Jair Bolsonaro confirma revogação da adesão ao Pacto Global para Migração

O presidente Jair Bolsonaro confirmou a revogação da adesão do Brasil ao Pacto Global para Migração Segura, Ordenada e Regular. Na sua conta no Twitte